Closet Coletivo ganha espaço no Rio de Janeiro

Maristar aumenta número de adeptos do reuso coletivo na moda do dia a dia

Foto: Divulgação

Um guarda-roupa infinito, mas sem precisar comprar tantas roupas assim. Parece um sonho, algo distante, mas é essa realidade que a Maristar oferece às cariocas. A marca oferece um serviço de assinatura de um armário com infinitas possibilidades.

A proposta é simples: as clientes podem alugar as peças através de pacotes a partir de R$200. A ideia vem atraindo mais e mais adeptos e ganhando clientes.

“Além de estar atrelado à economia circular, este serviço tende a trazer o conceito de minimização da necessidade de se ter muitas peças de roupa. Dessa forma, as nossas clientes têm acesso a roupas que talvez não comprassem, tendo a sensação de se ter muito mais opções para se fazer testes”, explicaram Maristela Alcantara e Maryse Melul, sócias da Maristar.

A loja conta com um acervo bastante diverso e que busca atender a todas as ocasiões e gostos, além da grade de tamanho.

O ponto físico, em Botafogo, já funciona há 2 anos, mas acabou de passar por uma reforma para melhor atender as clientes.

“No início, quando o modelo foi idealizado, nós pensávamos que ele fosse funcionar numa plataforma online, mas, com o tempo, começamos a entender que as pessoas têm dificuldade para se adaptar a esse tipo de serviço nesse tipo de modelo. O ponto funciona como nosso showroom, um lugar em que boa parte das assinantes entende como uma sessão de terapia feminina. Isso faz com que o atendimento, com hora marcada, seja diferenciado”, explicaram.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui