Colégio Miguel Couto anuncia fechamento de todas as unidades no RJ

Instituição alegou agravamento da crise financeira e inadimplência para encerrar atividades

Colégio Miguel Couto/ Vila da Penha (Foto: Reprodução)

Uma das instituições de ensino mais tradicionais do Rio de Janeiro, o Colégio Miguel Couto anunciou o fechamento de todas as suas unidades no estado até o final de 2022. O grupo Miguel Couto, responsável pela administração das escolas, alegou, em uma carta endereçada a pais e alunos, que a atual crise financeira (inclusive a causada pela pandemia da Covid-19) e alto índice de inadimplência, foram alguns fatores decisivos que contribuíram para o encerramento das atividades.

Fundado em fevereiro de 1963, A rede Miguel Couto conta com quatro colégios na capital fluminense: Tijuca, Cachambi e Vila da Penha, na Zona Norte, e Recreio, na Zona Oeste. Além de unidades em Niterói, na região metropolitana do RJ, e em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. A empresa já se encontrava em processo de recuperação judicial.

Na tentativa de não deixar os estudantes desamparados, a direção da escola também comunicou que fez uma parceria com o Colégio Lattos, instituição de ensino com mais de 20 anos no mercado, localizada no Méier, na Zona Norte do Rio, para receber os alunos de suas escolas fechadas.

Os responsáveis dos estudantes do Miguel Couto, que assim optarem pela matrícula no Colégio Lattos, terão uma série de reuniões onde serão apresentados os projetos pedagógicos da instituição. (Confira mais detalhes na nota publicada abaixo). 

Veja a íntegra do comunicado do Miguel Couto aos pais e alunos

O Grupo Miguel Couto, há mais de seis décadas voltado ao ensino de qualidade, contribuiu com a formação de um grande número de pessoas que hoje estão vivendo seus sonhos profissionais impulsionados pela escola e que ainda mantem os relacionamentos adquiridos nesse tempo e ambiente tão marcantes. A infância e a adolescência se traduzem em uma época de grandes mudanças e evoluções e, com certeza, a escola é um fator primordial em todo esse processo.

Nos alegramos por fazer parte da história de muitas famílias que interagiram conosco nesses anos nos quais nos dedicamos à formação dos jovens, sempre investindo e acreditando na próxima geração. Agradecemos a todos que por aqui passaram e pela harmoniosa convivência em todos esses anos.

Na elaboração do processo pedagógico contamos com inúmeras variáveis, sendo uma delas o fator financeiro. Embora não seja o principal aspecto a se considerar em uma escola, é imprescindível para que um trabalho de qualidade seja feito. Dado o atual momento que nossa sociedade atravessa, enfrentando uma série de crises financeiras, inclusive a causada pela pandemia da Covid-19, muitas
empresas, mesmo as com solidez de décadas no mercado, não conseguem suportar tamanha pressão. Concomitantemente, a inadimplência tem alcançado índices insuportáveis.

Desse modo, após muitas avaliações e simulações, acompanhando o cenário lento de renovação de matrículas, o nível de inadimplência, a conjuntura econômica brasileira e mundo afora, o curso legal da Recuperação Judicial pela qual a empresa atravessa, os elevados custos, bem como as incertezas com o desdobramento da economia, o Grupo Miguel Couto decidiu por bem encerrar suas atividades nesta unidade ao término deste ano letivo de 2022.

Contudo, não poderíamos nos despedir sem antes providenciar uma proposta de transição serena aos alunos e responsáveis que sempre acreditaram em nosso trabalho. Dessa forma, conhecedores das propostas pedagógicas das escolas próximas, encontramos uma que confiamos que satisfará, em muito, os nossos alunos e seus responsáveis.

Cientes da solidez e excelência pedagógica desta escola, com mais de 20 anos no setor educacional, firmamos uma parceria com o Lattos Colégio e Vestibulares. A fim de que todos conheçam a proposta pedagógica e o espaço físico da instituição, disponibilizamos o contato da secretaria para maiores informações, marcação de visitação e atendimento com a coordenação pedagógica. O Lattos está localizado na Rua Medina, 246 – Méier e o contato telefônico com a instituição pode ser feito pelos números: (21) 3268-2112 e (21) 98350-0016.

Objetivando a melhor transição para os nossos estudantes, a direção pedagógica do Lattos Colégio e Vestibulares realizará reuniões com os responsáveis e alunos para esclarecer todo seu projeto pedagógico. A primeira delas será realizada no dia 22/12, às 9h, na própria unidade do Colégio e Curso Miguel Couto, unidade Cachambi.

Havendo o interesse de transferência para a instituição indicada, os trâmites relacionados a documentação serão diretamente tratados entre as secretarias, bastando apenas o aluno estar matriculado para 2023. Um pacote de benefícios será cedido aos estudantes para os anos futuros, e, para que não haja impacto financeiro para as famílias, negociamos a manutenção dos valores de mensalidades já firmados, mas que somente serão válidos para os que estão matriculados para 2023 e em dia com as mensalidades escolares em 2022. Todas essas informações, financeiras e acadêmicas, serão respondidas nas reuniões e através dos canais de atendimento.

Condições para a transferência:

Alunos já matriculados para 2023:
Ofereceremos dois canais de comunicação para facilitar a decisão das famílias sobre a
proposta de transição sugerida das matrículas já efetivadas para 2023.

A transferência dos alunos já matriculados para o Lattos Colégio e Vestibulares, será
realizada a partir do seguinte protocolo:
Envio de mensagem pelo responsável do aluno para o telefone ou WhatsApp:

Central de Informações da Unidade (21) 99434-3227, contendo:

  1. Nome completo do aluno matriculado;
  2. Serie/Ano que cursará em 2023;
  3. Nome completo do responsável do aluno;
  4. Mensagem de (SIM) ou (NÃO) para a transferência automática.
  5. Obs1.: Os alunos que ainda não se matricularam para o ano letivo de 2023 e que têm interesse de transferência deverão fazer o processo diretamente na secretaria da escola indicada, mantidas as mesmas condições de matrículas e mensalidades para 2023, mas estarão sujeitas à disponibilidade de vagas.
  6. Obs2.: Caso não haja interesse de transferência para a instituição indicada, os responsáveis que já realizaram matrícula para 2023 deverão enviar e-mail para financeiro@miguelcouto.com.br e/ou o telefone: 99411-0604, para que sejam informadas as etapas para o cancelamento das matrículas. Como sempre, faremos o encerramento do ano letivo de 2022 com toda a seriedade de mais de 60 anos de experiência. A escola está organizada para que não haja dificuldade em relação à documentação dos alunos, tanto dos que optarem pela transição proposta quanto aos que preferirem seguir para outra instituição. Dessa forma, pais e alunos poderão atravessar esse momento ímpar com tranquilidade.
  7. O gestor da unidade estará disponível para esclarecer toda e qualquer dúvida, pedimos apenas que agendem com antecedência através do telefone de contato da unidade, (21) 3268-2112 e (21) 98350-0016, para que sejam definidos os dias e horários para o atendimento.
Advertisement

18 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde! é uma pena que uma instituição de ensino dessa qualidade irá fechar as portas, muito triste mesmo, pelo andar da carruagem, o ano que vem será bem pior as coisas por aqui no Brasil,com essa quadrilha no poder, irão quebrar a economia em pouquíssimo tempo,aos imbecis que fizeram o L , a conta irá chegar prá vocês também ???.

  2. Ninguém mais quer investir no Brasil com o Lula ladrão no poder. Todos que poderiam investir, estão se mandando do Brasil. Agora, em janeiro, tudo ficará bem mais caro e os trouxas vão comer picanha de ovo.

  3. Brasileiro merece tomar no cu depois de 40 anos finalmente veremos os filhos e machos das cadelas brasileiras na mesma situação da cadelas venezuelanas .. isso não tem preço assistir todos o rabo empinado com o cu arregalados com toda bandidagem no poder estuprar o rabo do zepovinho kk Tomaaa filhos das putas

  4. Uma reportagem “linda” que conta a história do colégio de sucesso, Colégio e Curso Miguel Couto , que virou Novo Miguel Couto (administrada pela MC Holding na figurada por uma antiga sócia do Instituto Guanabara,.o qual era dono do Colégio Miguel Couto). Após a “Recuperação Judicial” concedida a eles e administrada pela empresa Urca, a qual “recuperou” outras instituições de ensino como QI, Matriz Educação e etc) que levou o dinheiro da dívida de 13° salários,FGTS, férias atrasados de anos na suposa falência de um dos braços do Instituto Guanabara, que se dividia em escola e gráfica..
    A notícia acima só fala da carta endereçada aos pais, responsáveis e alunos, conta o “real motivo” do fechamento das unidades, da “responsabilidade e compromisso” com os clientes. Mas e todos os funcionários administrativos, inspetores, serviços gerais, professores, que foram comunicados por e-mails em 21/12/2022 que iriam ficar desempregados a partir da vigente data, isso ninguém fala? Não é importante né!
    O Diário do Rio, repense em que tipo de serviço de reportagem vocês querem prestar para a sociedade. Deveria contar as duas partes da história.
    Com certeza receberam uma ligação ou mensagem dos administradores do Novo Miguel Couto para postarem essa “significante” matéria sobre o quê a escola de 6 décadas construiu no Rio de Janeiro.
    Aos leitores, dêem uma olhadinha no site do SINPRO RJ, lá está parte da história verdadeira do que o Miguel Couto fez com boa parte dos seus funcionários.
    A maioria dos funcionários sem receber rescisão contratual,FGTS atrasado a mais de 12 meses,.sem multa rescisória do FGTS,
    Será que os gestores (M. C. G,A S.M, F. F…) estão na fila do desemprego e sem receber os seus direitos trabalhists como todos os outros funcionários? Se realmente vocês querem prestar um serviço de qualidade, investiguem e irão descobrir.

  5. “Não se enganem com promessas de políticos, sejam de direita, esquerda ou centro. Só administram em causa própria. Vejam o que fizeram agora com o orçamento secreto. Como foi extinto, dividiram os 19 bilhões entre emendas individuais e o novo governo, ou seja, continua tudo do mesmo jeito. A gastança sem freio vai continuar. Agora são 37 ministérios para acomodar quase todos os partidos.É o samba do crioulo doido, como diziam os antigos. Brasília se colocar uma lona vira circo, se cercar vira prisão….

  6. Mais uma referência de ensino das antigas que se vai, MCB, GPI, Impacto e também o Colégio Carolina Patrício está fechando uma de suas unidades, lamentável.
    Mas tudo bem, no primeiro minuto de 2023 a alma mais honesta do Brasil vai assumir o trono! Teremos picanha e cervejinha! A corrupção e a ganância pra cima do erário não vão existir mais. Os roubos, assaltos, latrocínios, saques, invasões, tráfico de drogas ficarão no passado, o “fique em casa” foi só um pesadelo! No raiar de 2023 a alma mais honesta do Brasil não vai usar relógio de 80 mil Reais, ajudará a população e vamos todos fazer o L !!!

  7. Benvindo ao home office. Fica em casa, a economia a gente ve depois… isso é so o começo das consequências do : ” eu finjo qie trabalha e vc me paga”. Pro setor público tá uma maravilha, já não tinha trabalho antes do home office, imagina agora em casa sem ninguem pra fiscalizar… mas esses estão na boa pq se a conta não fechar o prefeito aumenta IPTU. Ja o setor privado, esse que vai quebrar todo.

  8. Fica em casa, a economia a gente ve depois… Continuem de home ofdice e fazendo L que vai tudo ficar bem. O prefeito do Rio, nervosinho da lava-jato, defendia com a turma canhota que o novo normal é esse, qie todo mundo vai “trabalhar de casa”. Tá cheio fe funcionário publico em casa até hoje. A maioria forçou a barra e continua até hoje. Já mal trabalhavam quando iam aos escritórios e tinham alguma supervisão, imagina agora. Resultado tá aí, dinheiro não gira, não tem comércio, ja já vai atingir as grandes empresas tambem.

    • O nome disso é lockdown e o mundo inteiro estava fazendo sua anta, isso serve pra impedir mortes e o superlotamento do sistema de saúde, além das possiveis mutaçõesdo virus, enfim, informações demais, essas coisas precisa pesquisar e estudar pra entender, não sei se vcs gostam disso…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui