Cólica fora do período menstrual: O que pode estar por trás dessas dores? Especialista explica.

Gravidez, endometriose e outras causas possíveis

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

As cólicas fazem parte da rotina de muitas mulheres ao longo da vida. Esse incômodo na região pélvica costuma ser mais comum durante a menstruação, já que o útero realiza o movimento de contração para expelir o endométrio, porém, em outras situações, a cólica fora do período menstrual pode surgir e causar preocupação.

De acordo com a dra. Manuele Calil, coordenadora da Obstetrícia do Complexo Hospitalar de Niterói (CHN), que faz parte da Dasa, qualquer dor pélvica sem relação com a menstruação precisa ser informada ao ginecologista. Em uma consulta, ele poderá avaliar os sintomas e ver a relação deles com questões comuns, como a ovulação, ou se é sinal de alguma condição prejudicial à saúde da paciente, como infecções ou inflamações de órgãos como a bexiga e o intestino. 

“Uma dúvida comum nesses momentos é se a cólica fora do período menstrual pode ser gravidez. Os principais sinais de uma gestação costumam ser enjoo e atraso menstrual, mas a cólica que não tem a ver com a menstruação também pode ser um sinal incomum. Existem diversos relatos de mulheres que sentiram dor, pensaram ser a chegada da menstruação e, algum tempo depois, se descobriram grávidas”, explica a dra. Manuele. Além de uma possível gravidez, existem outras possibilidades, listadas a seguir, para que as cólicas se manifestem fora do período menstrual.

Advertisement

Ovulação

O ovário libera os óvulos cerca de 14 dias depois da menstruação, e isso pode trazer irritação na cavidade abdominal que, consequentemente, leva à sensação de cólica. Essa dor tende a desaparecer em poucos dias, mas, caso o desconforto continue mesmo com o auxílio de analgésicos, é preciso buscar a avaliação de um ginecologista. 

Endometriose

“A inflamação do endométrio – tecido presente apenas no útero – causa uma movimentação das células para outras regiões, como os ovários e até mesmo órgãos como o pulmão. Um dos principais sintomas da condição é a dor no período menstrual e durante as relações sexuais, que pode se estender também para além do ciclo. Nesse caso, é indicado que o ginecologista avalie a possibilidade de a paciente ter a doença e a melhor forma de tratamento, que pode ser clínico ou cirúrgico”, detalha a especialista.

Mioma

Trata-se de um tumor benigno que se desenvolve, principalmente, em mulheres que estão em idade fértil. Ele não evolui para câncer nem oferece risco à saúde feminina. Na grande maioria das vezes, o mioma não apresenta sintomas expressivos, estando mais ligado ao aumento do fluxo menstrual e à sensação de peso ou pressão na pelve, dependendo do seu tamanho. 

Uma vez diagnosticada a causa da cólica fora do período menstrual, é importante que a mulher converse com o seu ginecologista para avaliar as melhores formas de tratamento e prevenção de outras condições que possam voltar a causar as dores.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Cólica fora do período menstrual: O que pode estar por trás dessas dores? Especialista explica.
Renata Granchi
Renata Granchi é jornalista e publicitária com mestrado em psicologia. Passou pela TV Manchete, TV Globo, Record TV, TV Escola e Jornal do Brasil. Escreveu dois livros didáticos e atualmente é diretora do Diário do Rio. Em paralelo, presta consultoria em comunicação e marketing para empresas do trade.
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui