Comer no Centro

Criado em 2009, o blog Onde Comer no Centro tem um foco: indicar restaurantes baratos (até R$ 25) e de qualidade para comer no Centro da Cidade do Rio de Janeiro. E vem dando certo. Afinal, a página tem mais de três mil curtidas no Facebook.

A ideia é de Flávio Sabbagh Armony e é ele mesmo quem toma conta de tudo. Flávio é jornalista, trabalha com comunicação interna. Além disso, toca teclado em uma conhecida banda cover de Beatles, a Black Bird. Contudo, foi no início da vida profissional que o rapaz teve a inspiração para o blog.

“Quando fui estagiar no Centro, em 2000, ganhava muito pouco de vale-refeição. Imaginei que haveria alguma espécie de guia de restaurantes de baixo custo na internet, mas não existia nada do gênero. Quando voltei ao Centro anos depois para trabalhar, percebi que esse nicho ainda não havia sido explorado. Então resolvi criar o Comer no Centro” lembra Flávio.

De acordo com ele, “utilidade pública” é a expressão correta para definir o Comer no Centro. Flávio tem razão. Seus textos no blog e no Facebook já resultaram em alguns fortes impactos.

“Me dá muita satisfação quando os donos dos restaurantes entram em contato. Já houve mudança de cardápio por conta de uma avaliação, por exemplo. Às vezes sou convidado para avaliar restaurantes, mas, quando vou, nunca me identifico para não enviesar o atendimento. Depois que publico, mesmo que uma crítica ruim, informo ao dono” frisa o comandante da página.

Entretanto, nem tudo são flores nesse mundo da comunicação. Aliás, os espinhos estão sempre muito presentes. Com o Comer no Centro não é diferente. Mesmo um produto com tanto potencial passa por percalços, como avalia Flávio:

“Primeiro é divulgar o guia. Está certo que um site desses se divulga sozinho, mas sinto que não atinjo nem uma fração do público potencial. A segunda dificuldade é conseguir patrocínio para evoluir o guia, transformar num portal”.

Todavia, para a sorte de quem almoça na região central do Rio todos os dias, Flávio não desanima e pretende alavancar o Comer no Centro: “Gostaria muito de criar um aplicativo para celulares que usasse o GPS do usuário para apontar os restaurantes no entorno, oferecendo opções de modo mais prático. Também queria evoluir o blog para um portal, como disse, escrevendo artigos sobre outras coisas para se fazer no Centro do Rio, dar ainda mais utilidade para o Comer no Centro. Para isso, preciso de parceiros e patrocinadores. Será que alguém se habilita?”.

Certamente vai ter muita gente torcendo para que o Comer no Centro siga evoluindo. Até porque é um serviço de muita utilidade pública.

Pao-do-Ouvidor

Antes, depois ou durante o almoço o Paço do Ouvidor é sempre uma excelente opção.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui