Comlurb encerra ‘Operação Réveillon 2024’ com remoção de quase mil toneladas de resíduos no Rio

Só na Praia de Copacabana foram recolhidas 484 toneladas; a Comlurb atuou com um contingente recorde de 4.778 garis

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação/Comlurb

A Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) encerrou a Operação Réveillon 2024 com a remoção de 969 toneladas de resíduos em todos os pontos da festa, sendo que apenas na Praia de Copacabana foram recolhidas 484 toneladas. A utilização de novos equipamentos, como tratores de praia e pás mecânicas, contribuiu para otimizar o serviço, permitindo que a areia, a ciclovia e as pistas da Avenida Atlântica fossem lavadas e desodorizadas pouco depois das 9h, com o auxílio de sete pipas d’água e seis vans motobomba.

Um contingente recorde de 4.778 garis foi mobilizado para a festa, distribuídos em todas as áreas com palcos e queima de fogos. A operação contou com uma extensa frota de 215 veículos, incluindo 71 compactadores, 81 basculantes, quatro caminhões tipo baú com sanitário e 30 micro-ônibus para transporte dos garis. Além disso, foram empregadas 8 varredeiras de grande porte e 21 pipas d’água para lavagem das vias com água de reuso. A Comlurb utilizou ainda 87 equipamentos, abrangendo 26 pás mecânicas, 12 mini pás, 12 varredeiras de médio porte, 14 minivarredeiras e 23 tratores de praia com implementos traseiros para peneiramento da areia.

O Presidente da Comlurb, Flávio Lopes, celebrou a eficiência da equipe, que conseguiu entregar as praias limpas e as pistas liberadas ao trânsito antes das 10h. “A limpeza na areia da praia demorou um pouco mais porque as pessoas ficam deitadas, o que dificulta o trânsito dos nossos equipamentos. O trabalho de modo geral superou as expectativas.” comentou.

Os garis desempenharam um papel fundamental nos quatro postos médicos que foram montados especialmente para a festividade, além de atuar em pontos estratégicos para a entrega voluntária de materiais recicláveis. A companhia disponibilizou 2 mil contêineres de 240 litros e mil caixas metálicas de 1.200 litros em todos os pontos de festa, visando garantir um descarte ordenado e adequado dos resíduos gerados pelos frequentadores.

Advertisement

Leia também

Proposta do BNDES para o Centro do Rio inclui calçadões e parque no Canal do Mangue

Há quarenta anos fazendo fantasias com materiais recicláveis, ex-empregada doméstica se destaca em concursos e tem fotos espalhadas pelo mundo

Em depoimento, Mauro de Souza Gomes, um gari com nove anos de experiência na Comlurb, ressaltou a importância da conscientização dos frequentadores das praias para a segurança dos profissionais responsáveis pela limpeza. “O nosso serviço depende da conscientização dos frequentadores das praias. Há muitas garrafas de vidro nas areias, o que é perigoso porque pode machucar os garis e outras pessoas que estão curtindo a praia.” disse.

Nas demais regiões da cidade, a companhia retirou resíduos, destacando-se 72,16 toneladas no Flamengo/Botafogo/Urca, 11 toneladas na Praça Mauá, 3 toneladas na Praia de Sepetiba, 4,5 toneladas em Pedra de Guaratiba, 4,29 toneladas na Igreja da Penha, 5,48 toneladas no Parque Madureira, 4,5 toneladas em Bangu, 42,79 toneladas na Praia da Bica, 30 toneladas em Paquetá, 22,25 toneladas no Piscinão de Ramos, e 89,75 toneladas em trechos da orla como Ipanema, Leblon, São Conrado e Arpoador. A Barra da Tijuca e o Recreio dos Bandeirantes tiveram 195,28 toneladas de resíduos removidas.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Comlurb encerra 'Operação Réveillon 2024' com remoção de quase mil toneladas de resíduos no Rio

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui