Como escapar dos excessos do Fim do Ano

Colunista Rosane Ventura da dicas do que fazer para conseguir comer e beber menos e chegar em 2023 mais saudável

Imagem de Ira Lee Nesbitt por Pixabay

Todo fim de ano a história se repete: confraternização da empresa, reuniões com amigos, festas e mais festas para celebrar o Natal e o Ano Novo. Mas neste ano de 2022, a Copa do Mundo também entrou no calendário e, claro, mais festas para usar como álibi para beber e comer além do necessário. Para muitas pessoas, o mês de dezembro é o mês dos excessos. Para outras, entretanto, é momento de reflexão. Para brindar este momento, gostaria de apresentar algumas ideias e dicas de como podemos minimizar os efeitos dos excessos na reta final deste ano de 2022.

A primeira pergunta importante que devemos fazer é: por que exageramos? Na maior parte das vezes estamos buscando preencher um vazio, lidar com uma ansiedade ou com o desequilíbrio emocional ou até mesmo hormonal. E quanto menos consciência, maior o exagero. Quando menos atenção plena, mais comemos e bebemos. Já parou para ver o que acontece quando se come pipoca e assiste filme? Se come sem fome, e num padrão automático, é indicativo para não fazer. Concorda? O prazer daquele momento, por exemplo, pode trazer consequências de culpa por ter comido mais do que deveria. A consciência plena consegue quebrar esse ciclo e nos ajuda a tomar as decisões que de fato queremos seguir.

A ansiedade de um jogo ou a participação nas confraternizações do trabalho ou de amigos, podem ser gatilhos para ansiedade e, na maior parte das vezes, muita bebida e comida além do necessário, do desejado. Algumas pessoas, inclusive, chegam a perder seus empregos em festas como essas, exatamente porque não conseguem regular os excessos que esses momentos costumam promover.

Mas as celebrações em família também podem ser um problema para muita gente. Fartas ceias de Natal com alimentos recheados de gordura e a famosa rabanada que quase todo ser humano ama? É muito, muito, muito difícil conseguir se manter longe das tentações gastronômicas e etílicas neste período. A minha fórmula? Dicas simples, que você poderá seguir para tentar se manter longe das tentações

Dicas:

  • Mastigar muitas vezes e devagar os alimentos – essa pratica ajuda muito na saciedade.
  • Escolher alguns eventos onde vai “pisar o pé na jaca” e no dia seguinte fazer um detox apenas com suco verde, muita água e saladas leves para compensar.
  • Aumentar a dose de atividade física aeróbica para compensar os eventos extras também vai apoiar, afinal, a conta é simples. Consumiu x, queime x, ou xx dependendo do seu intuito.
  • Consuma bastante água após os episódios de bebedeira, isso vai minimizar a possível ressaca. E na ressaca o rendimento em atividades físicas caem muito.

E, por fim, reflita. Lembrando que não existe uma resposta certa ou errada, apenas aquela que é a sua escolha, na sua medida: quanto vale a brincadeira? Afinal, as escolhas são suas… As consequências também.

Rosane Ventura é palestrante e instrutora corporativa sobre equilíbrio da saúde mental e emocional para grandes empresas, como Vale do Rio Doce, Play9, Via Parque, Village Mall, Disney Brasil, Rio Open, entre outras. Utilizando a Yoga e técnicas de respiração e mindfulness, já ajudei milhares de pessoas a conquistarem uma vida plena.
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui