Companhia de Teatro ‘Armazém’ anuncia curta temporada do espetáculo NEVA na ‘Fundição Progresso’

Após ser indicado ao Prêmio Shell 2023 nas categorias Melhor Direção e Iluminação, NEVA, entra em cartaz de 17 a 26 de março, na Fundição Progresso

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Após ser indicado ao Prêmio Shell 2023 nas categorias Melhor Direção e Iluminação, NEVA, a versão cênica de Paulo de Moraes para a obra de Guillermo Calderón, o mais conhecido dramaturgo chileno da atualidade, entra em cartaz de 17 a 26 de março, na Fundição Progresso. Trata-se de uma peça ambientada em São Petersburgo, então capital do Império Russo, no dia que ficou conhecido como Domingo Sangrento, em 09 de janeiro de 1905, quando manifestantes que marchavam para entregar uma petição ao Czar, pedindo melhores condições de trabalho nas fábricas, foram fuzilados pela Guarda Imperial.

A história se passa dentro de um teatro, onde um ator e duas atrizes que iriam se encontrar para ensaiar acabam, meio sem querer, se abrigando do massacre que acontece nas ruas e que será o estopim da revolução que acontecerá posteriormente no país. Uma das atrizes trancada dentro do teatro é a alemã Olga Knipper (Patrícia Selonk), primeira atriz do famoso Teatro de Arte de Moscou e que foi casada com o dramaturgo russo Anton Tchekhov. Sentindo-se incapaz de representar, depois da morte do marido por tuberculose e na tentativa de seguir vivendo, enquanto lá fora a cidade desaba, Olga instiga Masha (Isabel Pacheco) e Aleko (Felipe Bustamante) a encenarem repetidamente junto com ela a morte de Tchekhov.

“Calderón propõe um tipo de teatro que me encanta porque é um teatro eminentemente político, mas que se propõe a mergulhar em uma linguagem poética cortante e num humor extremamente ácido. A partir de acontecimentos surpreendentes, no meio de muitas tosses e promessas vagas de amor, ele levanta perguntas muito provocativas. Perguntar bem, perguntar mais e melhor, esse é o teatro que me interessa”, afirma o diretor Paulo de Moraes.

A peça é realizada sem nenhum patrocínio, mas com a colaboração fundamental de mais de 80 pessoas que participaram da campanha “Colabore com o novo espetáculo da Armazém”, divulgado nas redes sociais da companhia.

Advertisement

Leia também

Esgarçamento da polarização direita e esquerda pode afetar eleição carioca?

Aterro Restaurado e o Fim do Pulinho de São Conrado

Serviço: Peça NEVA

  • Local: Fundição Progresso – Espaço Armazém – Rua dos Arcos, 24, Lapa, Rio de Janeiro
  • Data: 17 a 26 de março de 2023, sexta-feira e sábado, às 20h, e domingo, às 19h.
  • Venda: Na bilheteria do Espaço Armazém (uma hora antes das apresentações) ou pelo site www.sympla.com.br/armazemciadeteatro
  • Meia-entrada: Estudantes, idosos, menores de 21 anos, pessoas com deficiência, professores, profissionais da rede pública municipal de ensino e classe artística, apresentando identificação.
  • Capacidade: 107 lugares
  • Ingresso: R$60,00 (inteira) e R$30,00 (meia-entrada)
  • Classificação: 14 anos
  • Duração: 80 minutos
  • Gênero: Drama
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Companhia de Teatro 'Armazém' anuncia curta temporada do espetáculo NEVA na 'Fundição Progresso'

Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Companhia de Teatro 'Armazém' anuncia curta temporada do espetáculo NEVA na 'Fundição Progresso'
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui