Complexo do Alemão ganhará 440 moradias e conjunto habitacional reformado

Com um aporte de R$ 77 milhões do Governo do Estado, no local serão construídos dois condomínios, onde funcionava a garagem da Itapemirim

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Divulgação

O vice-governador Thiago Pampolha e o secretário de Habitação de Interesse Social, Bruno Dauaire, ambos do União Brasil, assinaram, nesta quarta-feira (23), a ordem de construção de 440 unidades residenciais na Avenida Itaóca, além da reforma e requalificação do Conjunto Residencial Poesi, na Estrada do Itararé, ambos no Complexo do Alemão.

“O início das obras é sempre um momento de muita satisfação. E hoje estamos aqui, com autoridades e lideranças, para concretizar a melhora de vida das pessoas do Complexo do Alemão. Proporcionar dignidade e respeito é obrigação do poder público junto à sociedade, e é essa a nossa missão, principalmente quando se trata de habitação”, celebrou Pampolha.

O secretário de Habitação, Bruno Dauaire, destacou que as obras representam um grande ganho habitacional para as famílias da região, além de promoverem um giro na economia local.

“Hoje é um dia histórico para o Alemão, quando temos mais famílias vendo seus sonhos saírem do papel. Essas 440 unidades se somam às outras 495 que já estamos construindo, além das mais 400 que inscrevemos no Minha Casa Minha Vida. Começar obras deste porte, gerando emprego, renda e esperança para a comunidade, é muito gratificante. É mais uma etapa da missão dada pelo governador Cláudio Castro para a secretaria”, afirmou Dauaire.

Advertisement

O empreendimento conta com um investimento de R$ 77 milhões do Governo do Estado do Rio de Janeiro destinados a construção de dois condomínios, onde funcionava a garagem de ônibus da Itapemirim. Pelo projeto do governo, os apartamentos terão sala, dois quartos, banheiro, cozinha e área de serviço. As áreas de cozinha e de serviço terão paredes azulejadas até o teto, bancada de granito, cubas e torneiras em aço inox. Os dois condomínios terão 220 apartamentos, cada. O primeiro será dividido em seis blocos, e o segundo, em cinco.

Os condomínios também contarão com vias internas urbanizadas e com equipamentos, como playground para recreação infantil, academia terceira idade, salão comunitário com churrasqueira e áreas de convivência com bancos e mesas.

O Conjunto Poesi, que foi construído, em 2010, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), receberá o aporte de R$ 4,2 milhões destinados a pintura das fachadas; reforma de telhados, troca de tubulação de esgoto e instalações elétricas; recuperação de revestimento e impermeabilização de reservatórios e barriletes. As intervenções no conjunto serão executadas pela Companhia Estadual de Habitação (Cehab-RJ), e beneficiará 352 famílias.

Essas não são as únicas ações do Governo do Estado para ampliar a capacidade habitacional fluminense. Outras 495 moradias, que estão sendo erguidas em dois terrenos da Avenida Itaóca, serão entregues a beneficiários do Aluguel Social. O primeiro conjunto, que fica no número 1.793, terá 175 apartamentos. O segundo, localizado no número 2.277, contará com 320 unidades no total. Em ambos, o Governo do Estado investiu mais de R$ 80,7 milhões.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Complexo do Alemão ganhará 440 moradias e conjunto habitacional reformado
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui