Hoje faleceu aos 83 anos o jornalista e comentarista Armando Nogueira, que há 2 anos e meio lutava contra um câncer. Ele foi o primeiro diretor da Central Globo de Jornalismo (entre 1974 e 1990) , sendo um dos responsáveis pelo lançamento do Jornal Nacional e seu último trabalho foi como apresentador do programa “Papo com Armando Nogueira” no SporTV, até sair em 2007 para se tratar da doença.

 

Nogueira foi mais um exemplo de carioca que nasce em outro estado, no caso o Acre. Como o jornalista também era conhecido por suas crônicas e textos esportivos nada mais justo que seja homenageado com o Complexo Esportivo do Autódromo, se aprovado o projeto do dep. João Pedro e do ver. Eider Dantas, passando a se chamar Parque Olímpico Armando Nogueira. O Complexo será usado nos Jogos Olímpicos de 2016 e deve receber novas construções. Nada mais justo.

O Estado do Rio de Janeiro, do Acre, a Prefeitura do Rio, o COB anunciaram luto oficial de 3 dias. O Maracanã também manteve as luzes ligadas durante a noite de hoje como forma de homenagear o jornalista.

 

Já o Botafogo, time do cronista, entrou em campo hoje com o uniforme todo negro de luto, além de ter feito uma goleada de 4 a 1.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui