Concessionárias poderão ter que prestar atendimento emergencial a animais em rodovias

Proposta do deputado Dr. Serginho também prevê identificar locais com mais acidentes para ajudar a preservar espécies e salvar vidas humanas

(Foto: Cadu Gomes)

A Comissão de Constituição e Justiça da Alerj aprovou, na última semana, o PL 1445/2019, de autoria do deputado estadual Dr. Serginho (PL), que obriga concessionárias de rodovias a prestarem atendimento veterinário emergencial a animais acidentados nas estradas. A proposta prevê ainda a criação de um banco de dados para identificar os locais com mais acidentes, ajudando a evitar novos registros e a salvar vidas.

Segundo o PL, o atendimento emergencial aos animais deverá ser prestado por um veterinário contratado pela concessionária ou por meio de convênio com associações de proteção.

Quem viaja pelas estradas do Rio de Janeiro, certamente, já reparou a presença de alguns túneis e passarelas construídas para que os animais atravessem em segurança de um lado para o outro da rodovia. Mas, para que essa medida essencial seja tomada, é preciso que, antes, seja identificada a incidência de animais próximos à via que causam acidentes constantes. Nesse sentido, além de salvá-los através do socorro emergencial, a proposta também ajudará a prevenir esses imprevistos, preservando espécies e vidas humanas”, ressaltou o deputado.

Em dezembro de 2022, a BR-040, na descida da Serra de Petrópolis, ganhou duas passagens suspensas voltadas especialmente para a travessia de animais silvestres. A região, cercada por áreas de conservação ambiental, reúne diversas espécies da fauna local.
Após receber parecer favorável na CCJ, agora a proposta segue para as comissões temáticas da Alerj e deverá ser aprovada em duas discussões no plenário, antes de seguir para sanção do governador.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui