Conheça o projeto do residencial vizinho da Pedra do Sal; empreendimento é lançado nesta segunda

O Sal Rio é o primeiro retrofit da Região Portuária e planeja entregar mais de 180 unidades entre studios e apartamentos

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Uma das regiões mais culturais e historicamente significativas do Rio acaba de ganhar um novo impulso com o lançamento do Sal Rio Residencial. Localizado na Rua Sacadura Cabral, 103, o projeto, que é o primeiro retrofit da região portuária, promete revitalizar o bairro da Saúde, point do entretenimento noturno da cidade.

O evento de lançamento oficial do empreendimento ocorreu na manhã desta segunda-feira (08/07) no Museu do Amanhã, no Pier Mauá. Desenvolvido pelo grupo CTV em parceria com o fundo de investimentos Pilar Capital, o Sal Rio Residencial ocupa o antigo prédio da Cedae e do Inea, um edifício em estilo art-decó que já abrigou as redações dos extintos periódicos “O Jornal” e “Diário da Noite”, pertencentes ao magnata da imprensa Assis Chateaubriand. O prédio estava vazio há dez anos e tem agora a chance de uma nova vida. A venda do edifício, feita pela Sergio Castro Imóveisfoi divulgada com exclusividade pelo DIÁRIO há um ano.

2a149a01 2b9d 46b8 bc8b 4ab6b70b3b8f 1 Conheça o projeto do residencial vizinho da Pedra do Sal; empreendimento é lançado nesta segunda
Lançamento do projeto – Foto: Divulgação

Vizinho à Pedra do Sal, berço do samba carioca e núcleo simbólico da Pequena África, o novo residencial oferece uma conexão direta com a rica cultura afro-carioca. Os moradores poderão desfrutar não só da boemia da região, mas também de um espaço que carrega a história e a luta de importantes personalidades negras do samba que, inclusive, estão representadas no paredão do prédio, como Heitor dos Prazeres, Tia Ciata e João da Baiana.

Advertisement
img 0223 1 Conheça o projeto do residencial vizinho da Pedra do Sal; empreendimento é lançado nesta segunda

Com mais de 10 mil metros quadrados e 12 andares, o edifício histórico abrigará 186 unidades, variando entre studios e apartamentos de até 35 metros quadrados. A fachada segue a tendência do novo plano diretor do Rio, incluindo lojas comerciais no térreo, lazer no rooftop, um restaurante com acesso às rodas de samba, além de espaços gourmet e fitness.

Os valores das unidades começam a partir de R$ 189 mil, com 10% de entrada e 90% financiados pela Caixa Econômica Federal. O FGTS pode ser utilizado conforme as exigências do Conselho Curador do fundo. A gestão da locação das unidades e a administração do condomínio serão realizadas pela startup carioca Lobie.

“Após 10 anos fechado, estamos felizes com este desafio de dar nova vida ao prédio, ajudando a estimular a moradia no Porto, que já conta com residenciais que estão sendo construídos do zero. O Sal conta com muitos diferenciais, entre eles um mirante que, com certeza, será um point da região”, afirma Felipe Videira, CEO do Grupo CTV.

Outro benefício será a isenção do ITBI (Imposto de Transmissão sobre Bens Imóveis), que representa 3% do valor do bem e é calculado pela Prefeitura do Rio. Essa isenção também faz parte dos incentivos fiscais do Porto Maravilha.

Para incentivar as vendas, os 60 primeiros compradores receberão as unidades com armários instalados. A expectativa é alcançar um Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 65 milhões. Videira adianta que o grupo CTV e Pilar Capital já estão em negociação para novos projetos de retrofit na região.

Bairro da Saúde

img 0224 1 Conheça o projeto do residencial vizinho da Pedra do Sal; empreendimento é lançado nesta segunda
Morro da Conceição

A Saúde é o menor bairro do Rio depois do Zumbi, na Ilha do Governador. Localizada na Zona Central, às margens da Baía de Guanabara, é um dos cinco bairros que abrigam o porto da cidade. Faz limite com Centro e Gamboa, e é conhecido por seus sobrados e galpões do século XVIII.

Após seis décadas de declínio, o bairro voltou a receber investimentos no início do século XXI, com o projeto Porto Maravilha e o VLT. Desde 2010, tornou-se uma Área de Proteção Urbano-Cultural (Apruc), impulsionando sua valorização imobiliária. A Saúde, junto com Gamboa, Santo Cristo, Centro e Caju, compõe a Região Portuária, rica em patrimônio artístico, cultural e histórico.

O bairro abriga a Pedra do Sal, Largo da Prainha e Morro da Conceição, e está passando por diversos projetos de revitalização promovidos pelos governos federal, estadual e municipal, com expectativa de parcerias privadas para desenvolver ainda mais a região.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Conheça o projeto do residencial vizinho da Pedra do Sal; empreendimento é lançado nesta segunda
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Conheça o projeto do residencial vizinho da Pedra do Sal; empreendimento é lançado nesta segunda
Advertisement