Conjunto Habitacional dos Ex-Combatentes, em Benfica, será reformado pelo Cidade Integrada

As intervenções estão orçadas em mais de R$ 8 milhões e serão executadas pela Companhia Estadual de Habitação do Rio de Janeiro (CEHAB)

Conjunto Habitacional dos Ex-Combatentes passará por reformas no âmbito do Programa Cidade Integrada, do Governo do Estado / Redes Sociais

Os prédios do Conjunto Habitacional dos Ex-Combatentes, em Benfica, na Zona Norte do Rio de Janeiro, serão reformados, no âmbito do programa do Governo do Estado “Casa da Gente”, conjunto de ações do Cidade Integrada, que dá prosseguimento aos compromissos assumidos com a comunidade do Jacarezinho, na Zona Norte do Rio. As obras devem durar oito meses. A homologação da licitação das intervenções foi publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (18). As informações são do jornal O Dia.

As obras estão orçadas em mais de R$ 8 milhões e serão executadas pela Companhia Estadual de Habitação do Rio de Janeiro (CEHAB). Entre as intervenções a serem realizadas estão a reforma das fachadas, dos telhados, da caixa d’água e áreas comuns, além de pintura e melhoria na infraestrutura e acessos dos edifícios.

Além de atender as demandas relacionadas às edificações, o poder público estadual também implementará projetos sociais destinadas à qualificação educacional e profissional da população, com a finalidade de melhorar as condições de vida dos residentes no conjunto. Aproximadamente 1.500 moradores, de 488 apartamentos, serão beneficiados com as ações.

 O coordenador do Cidade Integrada, Allan Borges, destacou que as intervenções ultrapassam as melhorias físicas das estruturas condominiais, para incentivar a recuperação da dignidade dos moradores.

“Temos o compromisso de resgatar a segurança habitacional dos moradores, executando os reparos necessários para garantir que as famílias desfrutem de um ambiente com infraestrutura adequada para viverem dignamente. Não vamos somente pintar paredes mas, sobretudo, contribuir para a recuperação da esperança e da qualidade de vida daqueles que, com tanto esforço, adquiriram esses imóveis”, disse Borges ao jornal.

Com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos moradores do Jacarezinho, o Cidade Integrada já iniciou as reformas da Cohab e do Conjunto Mandela I, em Manguinhos, na Zona Norte. Também foram realizadas as reformas do Colégio Estadual Compositor Luiz Carlos da Vila e do complexo esportivo, com exceção da piscina e da quadra poliesportiva. Foram criadas ainda uma horta para alimentar os alunos, além de unidades do Desenvolve Mulher, da Age Rio e do Detran. O Governo do Estado também recuperou o Campo do Abóbora, a Fundação de Apoio à Escola Técnica  (Faetec) e o Centro de Referência da Juventude de Manguinhos.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Governos precisam parar de bancar essas coisas.

    Residências populares (que não seria o caso) deveriam ser de casas, e não de prédios.
    Porque sendo condomínio de prédios, os moradores nunca tocam a administração que se espera. É uma desorganização. Depois tem que aparecer o Estado para fazer intervenções…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui