Construção irregular que funcionava como loja de material de construção é demolida em São Conrado

O imóvel, de 500 metros quadrados, ficava em um lote que foi desapropriado para a construção de uma base da Comlurb

Foto: Divulgação

A Secretaria de Ordem Pública (Seop) e a Subprefeitura da Zona Sul realizaram, nesta quarta-feira (30/11), uma operação de demolição de uma construção irregular na Avenida Niemeyer, em São Conrado. O imóvel, de 500 metros quadrados, ficava em um lote que foi desapropriado para a construção de uma base da Comlurb e que foi invadida para a instalação de uma loja de materiais de construção.

Além de invadir o terreno público, a loja ainda utilizava a área destinada à calçada para armazenamento de materiais, impedindo a circulação dos pedestres. Foram apreendidas 15 caixas d’água, uma lona que cobria uma área de 80 metros quadrados, um contêiner e 150 varas de ferro. Os agentes também descartaram nove caminhões com materiais que estavam na calçada, totalizando 115 toneladas. Foi desligada uma ligação clandestina de água.

Essa obra é totalmente irregular e por isso estamos fazendo a demolição. Seguiremos fazendo esse trabalho de ordenamento urbano para que a cidade possa ter ordem pública e para que construções irregulares não provoquem tragédias e coloquem em risco a vida das pessoas“, destacou o Secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

Também participaram da operação agentes da Coordenadoria Técnica de Operações Especiais (COOPE), Secretaria de Conservação, Guarda Municipal, Comlurb, Água do Rio, Light, Rioluz, Coordenadoria de Controle Urbano (CCU), Gerência de Fiscalização de Estacionamento Reboques e Polícia Militar.

Desde o início de 2021 a Seop já realizou a demolição de mais de 1.800 unidades construídas irregularmente, em sua maior parte em área sob influência do crime organizado, acarretando em um prejuízo de cerca de R$ 230 milhões.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui