Construções ilegais às margens da Linha Amarela são demolidas

Edificações irregulares ficavam numa encosta e às margens da Linha Amarela, próximas à praça de pedágio, no bairro de Água Santa

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Fábio Costa/Divulgação

A Secretaria de Ordem Pública e Subprefeitura da Zona Norte demoliram oito construções irregulares, nesta sexta-feira (05/01), feitas numa encosta e às margens da Linha Amarela, próximas à praça de pedágio, no bairro de Água Santa, Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro. Além de colocarem em risco a vida de quem ia utilizar, estas edificações poderiam também cair e atingir a pista onde passam os veículos.

A operação foi programada após a concessionária Lamsa denunciar à prefeitura que algumas pessoas estavam retirando a grade de proteção para construírem irregularmente no local.  

“Essa é mais uma operação preventiva que a Secretaria de Ordem Pública faz para demolir construções irregulares. Já são mais de 3.100 operações como essa. Lembrando sempre que o nosso foco é a preservação da integridade física das pessoas. Essas construções estão em área de encosta colocando em risco tanto quem as utilizaria, mas também as pessoas que passam numa via expressa, que é a Linha Amarela. Além disso, asfixiar financeiramente o crime organizado e ordenar a cidade. Lembrando que, inclusive, os responsáveis por essas construções chegaram a retirar as grades de proteção que dão acesso à via expressa. Então é uma forma de proteger a integridade física e preservar a nossa cidade de uma forma ordenada“, enfatiza o Secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

Das oito construções, cinco foram construídas em alvenaria, sendo uma ainda em fase de estrutura e três em madeira. Das construções, apenas uma possui características de residência, as demais são destinadas a garagem, comércio e criação de galinha. Um dos comércios,  já possuía uma varanda com estrutura em madeira e telha de fibrocimento, objeto de denúncias por perturbação do sossego por moradores da região. Os agentes também fizeram quatro cortes de energia e um de água, todos clandestinos. 

Advertisement

Os agentes da SEOP demoliram cinco construções precárias na Avenida Dos Democráticos, em Bonsucesso, área que também sofre influência do crime organizado nesta manhã. Elas ocupavam o logradouro público de forma ilegal. Ao todo foram recolhidas duas toneladas de lixo pela Comlurb. As pessoas em situação de rua foram atendidas pela Secretaria de Assistência Social, mas ninguém aceitou acolhimento. 

Participaram das operações agentes da Guarda Municipal, Comlurb, RioLuz, Secretaria de Assistência Social, Polícia Militar, Polícia Civil e Light.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Construções ilegais às margens da Linha Amarela são demolidas
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui