Construtora mineira chega com residencial de R$ 120 milhões no novo point boêmio de Botafogo

Prédio de 8 andares vai surgir em meio à boemia crescente das ruas Fernandes Guimarães e Arnaldo Quintela, região que vem galgando espaço entre os jovens mais alternativos do bairro mais jovial da Zona Sul

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Nova região boêmia de Botafogo (Foto: Facebook Treme Treme)

De um lado ao outro da Rua Fernandes Guimarães, é possível percorrer a distância em menos de 30 minutos de caminhada, desde que você siga em linha reta, sem fazer pausas, o que, nos dias de hoje, pode ser uma tarefa desafiadora. Nesse trecho de Botafogo, há diversas novidades tentadoras. São muitos estabelecimentos, incluindo bares, uma sorveteria vegana, lojas, brechós e um salão de beleza. E dizem os frequentadores que há mais surpresas a caminho. Também há um ateliê de cerâmica da talentosa uruguaia Maria Paz, bem como o restaurante italiano Sult, comandado pelo chef Thiago Flores em parceria com Rodrigo Abe, do Colab, um dos pioneiros na região. Uma das regiões mais frequentadas por jovens na Zona Sul do Rio de Janeiro vai ganhar um novo empreendimento residencial de luxo. O local escolhido pela construtora mineira Canopus são os números 24, 26, 30 e 32 da Arnaldo Quintela e 39 e 43 da Fernandes Guimarães, em Botafogo. O trecho virou uma espécie de novo point alternativo do bairro, que vem crescendo na preferência dos mais jovens.

A ideia da construtora é construir um prédio residencial de alto padrão com oito andares, em uma área de 1,5 mil metros quadrados. Para isso, o grupo mineiro adquiriu seis imóveis na área. O Valor Geral de Vendas (VGV) do empreendimentoserá da ordem de R$ 120 milhões. O condomínio ainda está em fase de projeto, mas terá 54 unidades, uma cobertura duplex e três lojas no térreo. O lançamento está programado para ocorrer em meados do ano que vem.

Antes, o terreno do futuro residencial abrigava imóveis de usos variados. Por lá, já funcionaram lojas comerciais, uma clínica médica, residências e a sede de uma empresa. Apenas um endereço domiciliar estava em uso e o restante estava fechado no momento da concretização do negócio.

“Importante destacar que esse tipo de composição é difícil de conseguir no Rio porque envolve muita gente e é difícil alinhar os objetivos ao mesmo tempo. Mas conseguimos e faremos em 2024 o primeiro lançamento da empresa na Zona Sul. Como exemplo da complexidade, no dia das escrituras, tínhamos aproximadamente 40 pessoas envolvidas”, conta Vinícius Carrilho, gerente de novos negócios da Canopus.

Advertisement

O investimento da empresa na Zona Sul do Rio acontece logo depois da empresa construir dez torres no Península, na Barra da Tijuca. Além delas, outras três estão sendo erguidas para 2025. Fundada em Belo Horizonte em 1971 pelo engenheiro Adgar Mattos, a Canopus atua em sua cidade natal, em São Paulo e no Rio, e é comandada hoje pela segunda geração da família. Em 2012, fundos da International Finance Corporation (IFC), um braço do Banco Mundial, investiram US$ 60 milhões e ficaram com quase 16% do negócio. Em 2020, a companhia chegou a iniciar um processo de IPO (oferta inicial de ações), mas desistiu no ano seguinte.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Construtora mineira chega com residencial de R$ 120 milhões no novo point boêmio de Botafogo
Advertisement

2 COMENTÁRIOS

  1. Lamentável! Aquele cantinho de Botafogo é um oásis no meio desse deserto de concreto e vidro que a cidade do Rio está se tornando….a Prefeitura do Rio deveria tomar medidas para impedir a destruição do que restou de Botafogo

  2. Mais um bairro descaracterizado? Mais prédios para aumentar a sensação de calor?

    De onde vem a sanha dessa gente de derrubar tudo e construir mastodontes de concreto e vidro? Quem acha isso bonito?

    Daqui há pouco vem um colunista a publicar um artigo saudosista lamentando que o bairro não tem mais as casinhas, os moradores sentados nas calçadas conversando, as crianças brincando nas ruas…

    Como somos incoerentes!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui