copacabanahq Mês passado comentei sobre a História em Quadrinhos, Copacabana. A agência Frog então me enviou o livro para que fizesse uma resenha, o que acabei demorando para fazer devido alguns problemas pessoais. Mas essa semana peguei para ler e vou dizer, prende bastante a atenção.

 

Infelizmente eles não mostram uma Copacabana bonita, Lobo e Odyr escrevem a história de Diana, uma prostituta do Calçadão de Copa e a história está longe de ser a de Bebel (personagem de Camila Pitanga em Paraíso Tropical). Se lá ela tinha lá seus problemas com o cafetão e com outras prostitutas, em “Copacabana” Diana tem problemas com drogas, dívidas, cafetão, chantagem e uma trama em que ela se afunda cada vez mais mas pelo menos não dramatizam isso.

 

Está longe de ser uma história para crianças como pensam que deveriam ser as HQs, é para adultos. E acaba qualquer aura de mistério que poderia ter nas prostitutas de Copa ou com a própria vida noturna do bairro.

 

Visite o site da HQ.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui