Coreto restaurado em Praça do Porto Maravilha vira moradia de mendigos

Moradores da região tem medo de passar perto do Coreto da Praça da Harmonia, na região portuária do Centro do Rio de Janeiro

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
O coreto da Praca da Harmonia vem sendo ocupado por mendigos e carnudos, o que amedronta moradores do entorno, que já sofrem com a transformação da Rua do Livramento em uma espécie de cracolândia

A mais que centenária Praça da Harmonia (ou Praça Coronel Assunção) no bairro da Gamboa, foi recentemente restaurada pela Prefeitura, numa Parceria Público Privada. A pracinha é bucólica e fica bem em frente à rua Sacadura Cabral e ao histórico Moinho Fluminense, inaugurado pela própria Princesa Isabel. O espaço com ares de cidadezinha do interior, antes totalmente degradado com mobiliário urbano danificado, foi recuperado.

No centro da pracinha fica um lindo Coreto, igualmente restaurado. Só que a situação da mendicância no entorno vem se tornando incontrolável. Desde que naufragou o audacioso projeto habitacional Novas Alternativas, através do qual a prefeitura, à época do prefeito Luiz Paulo Conde, recuperava sobrados históricos e os transformava em simpáticos condomínios de pequenos apartamentos para habitação social, os sobrados da região que seriam perfeitos para esta conversão começaram a ser invadidos, um a um. Hoje, praticamente todo o lado ímpar da rua do Livramento é formado de sobrados invadidos por viciados e mendigos, que chegam a ocupar as ruas com sofás, pequenos bares e todo o tipo de lixo. Tudo isso a poucos metros da recém reformada pracinha.

Uma vez recuperado o Coreto, agora ele se tornou também moradia de parte dos mendigos e viciados que tomou conta da região, e os moradores estão com medo de circular pela Praça. “Ficou linda, mas eu só vejo da janela, pois eles nos ameaçam, além de fazer cocô no chão na frente de todo mundo“, diz uma senhora que se identificou como Gioconda Gomes, moradora do entorno. As invasões na rua do Livramento transformaram a rua numa espécie de comunidade do asfalto. A reportagem tentou fotografar, mas foi coagida por uma mulher que se disse “mulher do dono” de uma invasão.

Para um senhor que se identificou como Batista, a Praça está realmente uma beleza, mas não se sabe por quanto tempo. “Os cracudos da Livramento, se invadirem a pracinha, vai ser dinheiro jogado fora. A região é familiar, é boa, e o mais incrível é que na época em que estava abandonada, não tínhamos tantas invasões. As autoridades andaram desapropriando imóveis na Livramento mas acho que não fez nada com eles, e as invasões aumentaram; e depois que a Rádio Tupi saiu, a coisa foi de cavalo pra burro”, disse ele, lembrando quer o prédio 189 da Livramento é projeto de Oscar Niemeyer e está abandonado desde que uma empresa de São Paulo o comprou, e nada fez com ele. O prédio, segundo corretores, tem um terreno enorme e cerca de 22.000 metros quadrados, e teria a fachada tombada.

Advertisement

Leia também

RJ continua com previsão de chuva nesta quinta-feira

Águas do Rio alega não saber sobre situação da Cedae mas presidente foi diretor da empresa – Bastidores do Rio

Com a recente decisão do Ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, a situação deve piorar, tendo em vista a proibição da retirada dos moradores de rua contra sua vontade, e a proibição da chamada “arquitetura pública hostil”, que é a construção de estruturas pelo poder público que possam vir a impedir pedintes e outras pessoas que residem nas ruas de se estabelecer em logradouro público ou em fachadas de predios públicos.

A recuperação da Praça da Harmonia faz parte do projeto RevitalizaRio, uma parceria público-privada, entre a prefeitura do Rio, através das secretarias de Cultura e do Meio Ambiente, da CDURP, do Parques e Jardins, do Inepac, e da Associação de Amigos do Museu Histórico da Cidade, além de um grupo de empresas patrocinadoras. O foco do projeto é o resgate de espaços públicos da cidade e a preservação de patrimônios culturais e artísticos.

01. vista aerea antes Coreto restaurado em Praça do Porto Maravilha vira moradia de mendigos
Graciosa e restaurada, a Praça da Harmonia fica onde no passado existiu um grande Mercado de mesmo nome. Moradores temem que se integre à cracolândia da Rua do Livramento
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Coreto restaurado em Praça do Porto Maravilha vira moradia de mendigos

Advertisement

2 COMENTÁRIOS

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui