Cozinha Comunitária Carioca do Tanque será a primeira a servir jantar

O local, criado por meio de políticas públicas de combate à fome, deve fornecer 11.200 refeições por mês

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Fábio Costa/Prefeitura do Rio

Em apenas quatro meses, o programa Prato Feito Carioca disponibilizou 703 mil refeições em vários pontos da cidade. Apenas nas 15 Cozinhas Comunitárias Cariocas já foram servidas 358.395 refeições. A Cozinha que fica localizada no bairro do Tanque será a primeira a servir também jantar para a população da antiga colônia de portadores de hanseníase do Hospital Curupaiti. A previsão é de que sirva 11.200 refeições por mês.

O programa é uma política pública da Prefeitura de combate à fome, criado para diminuir os efeitos sociais da crise econômica e da pandemia. Localizadas em pontos estratégicos, as Cozinhas Comunitárias Cariocas preparam e fornecem, diariamente, refeições balanceadas e seguras para famílias em situação de extrema pobreza.

“A Cozinha Comunitária Carioca do Tanque é um bom exemplo de que estamos avançando com o programa Prato Feito Carioca, oferecendo também o jantar”, ressaltou Maria Domingas Pucú, secretária de Assistência Social da Prefeitura do Rio.

Cozinhas Comunitárias

Advertisement

Previstas pelo Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan), criado em 2006, as cozinhas comunitárias nunca tinham sido implementadas de forma sistemática em nenhuma cidade brasileira. Neste ano, foram inauguradas 15 Cozinhas Comunitárias Cariocas que funcionam desde junho em: Acari, Mangueira, Andaraí, Realengo, Anchieta, Tanque, Campo Grande, Vila Kennedy, Guaratiba, Costa Barros, Bento Ribeiro, Bangu, Nova Sepetiba, Acari, Catumbi, além da que beneficiou as comunidades Beira Rio, Sinal Verde e Terreirão, no Recreio, Zona Oeste do Rio. Cada Cozinha Comunitária oferece 5.600 refeições por mês e recebe apoio operacional e técnico para oferecer refeições nutritivas e balanceadas, respeitando as normas de manipulação de alimentos do Instituto Municipal de Vigilância Sanitária. A Secretaria de Assistência Social é responsável pelo fornecimento de equipamentos e alimentos.

Programa Prato Feito Carioca

Com a proposta de garantir alimentação de qualidade para a população que se encontra em situação de insegurança alimentar, em algum grau – leve, moderado ou grave (fome), a Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, criou o Prato Feito Carioca, programa global de política pública inovadora no país de combate à fome. O programa conta com dois eixos de atuação, o cartão magnético Prato Feito Carioca e as Cozinhas Comunitárias.

Cartão Prato Feito Carioca

No período de julho a setembro, cinco mil cartões refeição Prato Feito Carioca chegaram às mãos de trabalhadores informais de toda a cidade, inscritos no CadÚnico (cadastro de programas sociais federais), com renda mensal per capita entre R$ 105,01 e R$ 210. A ideia é que seja garantida alimentação próxima ao seu local de trabalho, sem encargos para o usuário.

O cartão assegura ao beneficiário uma refeição por dia em qualquer bar ou restaurante conveniado, mesmo longe de sua casa. Pode tanto comer no estabelecimento, como levar a quentinha para onde quiser. Ao todo já foram distribuídas mais de 206 mil refeições.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Cozinha Comunitária Carioca do Tanque será a primeira a servir jantar
Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui