Credenciais para desfiles na Marquês de Sapucaí estariam sendo vendidas por até R$ 5 mil

Mesmo com comercialização proibida, credenciais para desfiles na Marquês de Sapucaí estariam sendo vendidas por valores entre R$ 2 mil e R$ 5 mil

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Grupo Especial -Sambódromo - Terceiro dia do Carnaval 2022 (Foto - Marco Antonio Teixeira)

De acordo com fontes ligadas ao Carnaval carioca ouvidas pelo DIÁRIO DO RIO, pelo menos 50 credenciais para transitar pela Marquês de Sapucaí durante os desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro estariam sendo vendidas ilegalmente. A comercialização é proibida, mas mesmo assim, os credenciamentos estavam sendo comprados por valores entre 2 e 5 mil reais.

Ainda segundo as fontes ouvidas pelo DIÁRIO, as credenciais foram vendidas para pessoas que não fazem parte do Carnaval.

Nos últimos anos, profissionais de imprensa e outros trabalhadores do Carnaval têm reclamado por ficar sem credenciamento enquanto pessoas que normalmente não fazem parte das operações em torno da festa conseguem credenciais.

No ano passado, a Liga Independente das Escolas de Samba do Rio (Liesa) prometeu acabar com os portões que ligam os camarotes à pista de desfiles da Marquês de Sapucaí, que em 2022 sofreu com invasões de pessoas que não iriam desfilar e entravam na Avenida para fazer fotos e vídeos.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Credenciais para desfiles na Marquês de Sapucaí estariam sendo vendidas por até R$ 5 mil
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui