Crise faz Americanas devolver, em 2023, mais de 15 estádios de futebol em galpões logísticos

Desde o início de 2023, quando a fraude foi descoberta, a empresa recuou em 113.268 metros quadrados a sua área de logística locada

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Gustavo Lacerda/Divulgação

A fraude protagonizada pela Americanas não resultou apenas na devolução de escritórios, em várias cidade do Brasil. A empresa tem devolvido também galpões logísticos distribuídos por vários estados brasileiros, inclusive Rio de Janeiro.

Segundo o jornal O Globo, a varejista devolveu mais de 100 mil metros quadrados em galpões deste tipo por conta da queda das suas vendas na operação de e-commerce. Os espaços são vitais tanto para o funcionamento de lojas físicas e canais virtuais. De acordo com dados da consultoria SimilarWeb compilados pelo BTG Pactual, em relatório de outubro, o número de acessos mensais aos três sites da companhia: Americanas, Submarino e Shoptime caiu 64,6% em um ano.

Desde o início de 2023, quando a fraude foi descoberta, a empresa recuou em 113.268 metros quadrados a sua logística locada, conforme levantamento da consultoria SiiLA. A metragem equivale a mais de 15 campos de futebol. Espaços em condomínios logísticos como o BTLG Ribeirão Preto (SP) e HGLG Betim (MG) foram as últimas devoluções, representam 18% do toda a área alugada pelas Americanas no início de 2023. Quinhentos mil metros em galpões no Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Bahia, Pará e Pernambuco.

Já no mercado de escritórios, o recuo em metros quadrados alugados também foi considerável: 4.125, segundo o monitoramento de capitais realizado pela SiiLA: 3,1 mil metros na torre B do Vila Olímpia Corporate (SP); e 987 metros no Passeio 42, no Centro do Rio; e 1,5 mil metros no Passeio 56, também no Centro, no último trimestre.

Advertisement

Informações: O Globo

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Crise faz Americanas devolver, em 2023, mais de 15 estádios de futebol em galpões logísticos
Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. ainda conta com alta carga tributaria q o governo esquerdista só acordou agora para reforma depois de 16 anos no poder…. quem paga essa conta sao os trabalhadores…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui