Cristo Redentor: Dom Orani Tempesta celebra missa pelo Dia Internacional de Oração pelos Cristãos Perseguidos

Com realização neste domingo, às 9h, a celebração visa amenizar o sofrimento de todos os cristãos que são vítimas de perseguição religiosa no mundo todo

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Marcelo Piu (Prefeitura do Rio)

O Cardeal-Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, oficia, neste domingo (6), às 9h, no Santuário Arquidiocesano Cristo Redentor, uma missa pelo Dia Internacional de Oração pelos Cristãos Perseguidos. Esta é a 9ª edição do Dia de Oração pelos Cristãos Perseguidos, iniciativa da Fundação Pontifícia ACN, em parceria com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e da Arquidiocese do Rio de Janeiro.

A celebração resulta de uma tragédia ocorrida em 06 de agosto de 2014, quando terroristas do Estado Islâmico expulsaram mais de 100 mil cristãos do norte do Iraque. Na ocasião, as pessoas tiveram que abandonar suas casas e pertences e fugir rumo às cidade curdas de Erbil e Dohuk, durante à noite, levando apenas as roupas do corpo.

O continente africano se configura como um dos piores cenários para os praticantes de religiões cristãs. Na Nigéria, país mais populoso da África, os cristãos são implacavelmente perseguidos, sendo muitas meninas raptadas, torturadas e sexualmente escravizadas. Neste país, os sacerdotes também correm grande perigo. Somente em 2022, 28 religiosos foram sequestrados.

No Oriente Médio, a situação é agravada pela migração contínua deflagrada por conflitos armados na região. Três das comunidades cristãs mais antigas do mundo, que estão localizadas no Iraque, na Síria e na Palestina, estão sob forte ameaça de aniquilamento.

Advertisement

Na Ásia, a situação de perseguição a cristãos se repete. No Afeganistão, por exemplo, praticamente não há mais cristãos. Em países como Mianmar, Vietnã, China, Coreia do Norte, Índia e Paquistão, o nacionalismo religioso e o autoritarismo estatal representam o terror para aqueles que professam a fé em Cristo.

Segundo dados do Pew Research Center, cristãos e muçulmanos são os dois maiores grupos religiosos do mundo. Entre 2017 e 2018, a instituição registrou perseguições contra cristãos em 143 países, em 2017; e 145, em 2018. O Relatório de Liberdade Religiosa no Mundo, da ACN, divulgado em junho deste ano, por sua vez, identificou que a perseguição por motivos de fé piorou de forma geral.

Dos 196 países analisados, 61 violam o direito humano à liberdade de pensamento, consciência e religião. Segundo o estudo, em 49 países, os próprios governos perseguem ou matam seus cidadãos por motivos religiosos. Ainda segundo o relatório, aproximadamente 4,9 bilhões de pessoas, ou 65,5% da população mundial, vivem em países que impõem graves ou gravíssimas violações à liberdade religiosa.

A ACN presta socorro a cristãos em mais de 130 países. A instituição enviou cartazes do Dia de Oração pelos Cristãos Perseguidos a todas as paróquias brasileiras, com o objetivo de formar uma grande corrente de oração, neste domingo. Para mais informações, acesse o site.

As informações são da rádio Tupi.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Cristo Redentor: Dom Orani Tempesta celebra missa pelo Dia Internacional de Oração pelos Cristãos Perseguidos
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Cristo Redentor: Dom Orani Tempesta celebra missa pelo Dia Internacional de Oração pelos Cristãos Perseguidos
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui