Encontro de 'passarinheiros' em Mantena, Minas Gerais. Foto: Gazeta do Norte

Essa semana, Vitor Almeida, da página Suburbano da Depressão, escreveu em sua coluna no jornal O Dia sobre os padrinhos de bairros e, entre tantos, citou o coroa passarinheiro. Essa figura clássica, que sai de casa com seu pássaro na gaiola e anda pelas ruas como se nada estivesse errado. Eis a paz do passarinheiro.

Antes de qualquer coisa, quero deixar claro aqui que sou contra prender passarinho em gaiola. Quando era moleque, inclusive, libertei um pássaro de um tio passarinheiro e ele ficou brabo comigo. Mais bolado que galo de briga. Mais irado que Siri na lata.

Nesta mesma semana, um vereador propôs a criação do dia do criador amador de pássaros. Ou seja, o dia do passarinheiro.

O que prende minhas ideias nessas figuras é a tranquilidade. O coroa passarinheiro está sempre com o mesmo semblante de paz, com sua gaiola e pássaro na mão, independentemente do que está acontecendo perto ou longe dele.

Na minha área, em Curicica, tinha um coroa passarinheiro que, todo dia, fizesse chuva ou sol, ele estava lá com sua gaiola e pássaro, olhando o passar e repassar das pessoas que têm mais o que fazer.

Uma vez, passando pelo coroa, que conversava com o coroa do bar – outro tipo clássico dos bairros que será lembrado em breve nessas linhas tortas aqui -, eu ouvi o passarinheiro soltar a seguinte frase: “Ele sumiu. Acho que cantou pra subir”.

Meses, anos passaram e, todos os dias, enquanto eu ia trabalhar, lá estava o coroa com seu cantante curió. “Bom dia”, e segue a vida. Eu correndo para o trabalho e o passarinheiro livre, leve e solto para voar pelas horas, como um pássaro.

Justo nessa semana, na qual o coroa passarinheiro foi lembrado duas vezes (3 com essa crônica), eu não vi o coroa passarinheiro da minha área. Será que ele cantou pra subir?

1 COMENTÁRIO

  1. Figuras classicas da Cidade Maravilhosa (principalmente nos bairros do Subúrbio do Rio)
    -Ala das Baianas das Escolas de Samba
    -Baloeiros
    -Bicheiros
    -Camelôs das ruas, transportes (ônibus,BRTs, metros e trens)
    -Motoboys/Mototaxis
    -Passarinheiros
    -Pessoal que joga cartas nas praças
    -Velha Guarda das escolas de Samba
    -Pipeiros
    -Skatistas
    -Surfistas

    O que eu esqueci…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui