Foto: Reprodução Internet

São muitos os encantos do Rio de Janeiro. Até escada aqui ganha status de ponto turístico. A Selarón merece os elogios e a posição que ocupa no coração de turistas e cariocas.

Como contou nosso colunista Filipi Gradin: “Em 1990, o chileno Selarón se mudou para a Lapa. O péssimo estado de conservação da escadaria, em um momento histórico em que a Lapa era um território extremamente marginalizado e precarizado, levou Selarón a embelezar o local. Havia a necessidade estética de transformar a pedra em ouro”.

Após esse trato que o chileno deu na escadaria, ela ficou extremamente carioca. Inclusive na boêmia. Ou sobretudo, na boêmia. É inadmissível ir à Lapa e não tomar uma bebida em um dos degraus da Selarón. É quase uma regra.

Durante o dia, a movimentação não é menor. E não poderia ser mesmo. São muitos e muitos turistas na escadaria. Cariocas também, é claro. Ninguém quer ficar abaixo desse verdadeiro acontecimento cultural que é a Escadaria Selarón.

A propósito, quem não conhece, precisa conhecer. Já passou da hora.

Traçando um paralelo com a música do Led Zeppelin “Stairway To Heaven”, aqui no Rio de Janeiro temos uma escada no paraíso.

1 COMENTÁRIO

  1. Eu estive aí quando pequeno. Meu pai levava os filhos muito em Santa Teresa. Nós acabamos conhecendo muitos pontos tutísticos da região, com a naturalidade de quem faz um passeio.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui