Culto ao ‘Vodum Serpente’ invade Apoteose com desfile da Viradouro, fechando Carnaval do Rio

Vice-campeã do Carnaval 2023, a Viradouro mostrou mais uma vez sua capacidade de emocionar e surpreender

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Na noite derradeira dos desfiles do Grupo Especial do Carnaval do Rio de Janeiro, a Unidos do Viradouro, escola de Niterói, encerrou a festa na Marquês de Sapucaí com chave de ouro ao apresentar o enredo “Arroboboi, Dangbé”, explorando a energia do culto ao vodum serpente.

Desde épicas batalhas na Costa Ocidental da África até as influentes lutas das guerreiras Mino, do reino de Daomé, a força do culto se manifestou espiritualmente pelas sacerdotisas voduns, dinastia de mulheres escolhidas por Dangbé. Essa energia, que se estabeleceu no Brasil com a chegada de Ludovina Pessoa, sacerdotisa daomeana que fundou terreiros na Bahia, foi o parte central do desfile da vermelha e branca de Niterói.

Vice-campeã do Carnaval 2023, a Viradouro mostrou mais uma vez sua capacidade de emocionar e surpreender. A rainha de bateria, Erika Januza, desfilou com uma fantasia imponente, representando o instrumento ritualístico Takará, utilizado pelos iniciados da família das cobras no processo de transe.

O destaque da comissão de frente, que foi elogiada nas redes sociais por sua iluminação e combinação de cores, trouxe ainda mais brilho ao desfile da Viradouro. Internautas comentaram sobre a imponência da serpente apresentada pela escola, ressaltando a diferenciação e o talento da agremiação.

Advertisement

Leia também

Há quarenta anos fazendo fantasias com materiais recicláveis, ex-empregada doméstica se destaca em concursos e tem fotos espalhadas pelo mundo

Crítica: Sel d’Ipanema – mais que um beach club, um refúgio gastronômico à beira-Mar

A expectativa agora se volta para a leitura das notas, que acontecerá nesta quarta-feira (14/02) às 15h, na TV Globo. A agremiação que for melhor avaliada nos nove quesitos – Bateria, Harmonia, Samba-Enredo, Fantasia, Adereços, Enredo, Mestre-Sala e Porta-Bandeira, Evolução e Comissão de Frente – será coroada campeã do Carnaval 2024. Em caso de empate, o primeiro critério de desempate será a somatória de todas as notas, seguido pelo desempenho nos quesitos-chave.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Culto ao 'Vodum Serpente' invade Apoteose com desfile da Viradouro, fechando Carnaval do Rio

Advertisement

2 COMENTÁRIOS

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui