Curta Cinema, festival internacional de curtas do Rio de Janeiro, acontece em dezembro

Toda gratuita, a programação conta com uma seleção de 97 filmes, além de atividades paralelas

Foto: Divulgação

Um dos mais importantes festivais do país, o Curta Cinema – Festival Internacional de Curtas-Metragens do Rio de Janeiro está de volta ao formato 100% presencial, após as últimas edições acontecendo de forma híbrida, com sessões sempre gratuitas no Estação Net Botafogo. De 1º a 7 de dezembro, a 32ª edição do evento apresenta uma seleção de 97 filmes, sendo 40 nas Mostras Competitivas, 19 nas Mostras Panorama, 15 nas Mostras Primeiros Quadros e mais 23 filmes nos programas especiais Animac, Regard, Festival Panorama 30 anos e Clássicos em 35mm.

Pela primeira vez, o Festival Curta Cinema, que é gratuito, contará com um “ingresso solidário”, para o público que desejar contribuir com o festival. Os vencedores das Mostras Competitivas, divididas entre nacionais e internacionais, ganham um aval para concorrer a uma indicação ao Oscar 2023.

Entre as 20 produções que fazem parte da Mostra Competitiva Nacional, destaque para “Big Bang”, novo filme de Carlos Segundo, vencedor da categoria Melhor Curta de Autor do Festival Internacional de Cinema de Locarno, na Suíça. O filme narra a história de Chico, um homem com nanismo que trabalha consertando fornos, utilizando como vantagem seu tamanho. “Escasso”, de Clara Anastácia e Gabriela Gaia Meirelles, eleito melhor curta-metragem no Festival do Rio e no IndieLisboa, sobre Rose, uma passeadora profissional de pets, que apresenta para uma equipe documental sua nova casa, mesmo que invadida. “Fantasma Neon“, de Leonardo Martinelli, que conta sobre o dia a dia de um motorista de aplicativo que sonha em ter a sua própria moto, conquistou prêmios nos festivais de Gramado e Locarno, na Suíça. O carioca “Teatro de Máscaras”, de Eduardo Ades, estrela Vera Holtz homenageando o teatro, com foco na interpretação da atriz.

Além dos curtas que concorrem nas Mostras Competitivas, produções cariocas e latino-americanas ganham destaque nas Mostras Panoramas, enquanto as Mostras Especiais – Primeiros Quadros Nacional e Primeiros Quadros Hispânicos – apresentam os primeiros filmes de novos cineastas. Confira a programação completa no site do Festival Curta Cinema.

“Este ano temos uma programação mais enxuta, que traz alguns dos filmes mais importantes da temporada para a tela do Estação. Foi um trabalho intenso de seleção dentre os quase 4000 inscritos que compartilhei com Gustavo Duarte, Sérgio Alpendre, Marina Pessanha, Lucas Murari, Evelyn Sacramento, Cristiane Giustino e Beatriz Vieirah, um grupo de olhar muito afiado responsável pela curadoria deste ano. Mantemos nosso perfil de passear por vários gêneros e propostas do curta metragem, dando destaque a filmes que apresentam notáveis inovações na linguagem“, disse Paulo Roberto Júnior, responsável pela programação do Festival Curta Cinema.

Nos dias 2 e 5, o público poderá aproveitar a Programação Especial Clássicos de Cinema de Curta-Metragem em 35mm, com debates após as exibições. A seleção é feita em parceria com o Estação NET Botafogo e o cineasta Cavi Borges, que já realizaram sessões de Clássicos em 35mm para longas e médias-metragens.

A programação deste ano conta também com atividades paralelas, como a masterclass de direção com Neville d’Almeida no dia 1º e a Oficina de Desenvolvimento de Projetos de Curta-Metragem com Beth Formaggini, nos dias 6 e 7, que irá analisar oito projetos em fase inicial previamente selecionados. O Festival também apresenta a 25ª edição do Laboratório de Projetos, com Lobo Mauro, Luciana Bezerra e Marina Meliande, que contemplará uma equipe de jovens cineastas com a possibilidade de produzir seu curta.

O encerramento do Curta Cinema terá uma programação especial com a exibição de filmes participantes do Festival REGARD, do Canadá, apresentando uma seleção de seis produções de Quebec.

A 32ª edição do Festival Curta Cinema conta com apoio da Riofilme, órgão que integra a Secretaria de Governo e Integridade Pública da Prefeitura do Rio, da FIRJAN/SESI/SENAI, do Bureau de Québec em São Paulo, do Instituto Cervantes no Rio de Janeiro, da Embaixada da França no Brasil e do Instituto Camões e com a parceria do Grupo Estação.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui