Dauro Machado: A Desatadora de Nós e sua capela em Búzios. Local de peregrinação

Colunista do DIÁRIO DO RIO fala sobre Nossa Senhora Desatadora dos Nós, um dos títulos que os fiéis deram à Virgem Maria

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Nossa Senhora Desatadora dos Nós é um dos títulos que os fiéis deram à Virgem Maria com toda fé e carinho. Este título em especial originou-se na Alemanha, por volta do ano 1700.

Naquele tempo, o pároco da capela de St. Peter, na cidade de Augsburg, encomendou um quadro de Nossa Senhora ao pintor Johann Schmittdner. O pintor era um cristão fervoroso e conhecedor profundo de textos dos Padres da Igreja. Por isso, antes de pintar o quadro, ele foi buscar inspiração nas palavras de Santo Irineu, Bispo de Lyon, que viveu no Século III. Ele encontrou um texto chave, que diz:

Eva atou o nó da desgraça para o gênero humano, Maria por sua obediência o desatou.

Por causa dessas palavras inspiradas de Santo Irineu, Johann Schmittdner concebeu um quadro onde Nossa Senhora é representada como a Imaculada Conceição e aparece entre o céu e a terra. Acima dela, o Espírito Santo derrama suas luzes. Em sua cabeça tem 12 estrelas, lembrando o texto de Apocalipse. Do lado esquerdo da Virgem um anjo aparece e entrega-lhe uma fita com nós grandes e pequenos, separados e juntos. Estes nós simbolizam o pecado original e nossos pecados cotidianos. Esses pecados nos causam problemas, nos levam para longe de Deus e nos impedem que a graça de Deus frutifique em nossas vidas. Do lado direito das mãos de Maria, a fita aparece sem nós e desce lisa até às mãos de outro anjo, mostrando que Maria está desatando os nós. Simboliza a vida nova mergulhada em Deus e na sua misericórdia e o poder libertador das mãos de Maria.

Advertisement

Leia também

MP é acionado para investigar manifestantes que declaram apoio ao Hamas na frente da Câmara do Rio

Deputados propõem destinar R$15 milhões da Alerj para 10 municípios afetados por chuvas no RJ

Na parte debaixo da Virgem Maria, há um anjo, um homem e um cachorro dirigindo-se a uma igreja. Este simbolismo parece ser uma referência ao livro de Tobias (6,13). No livro, Tobias enfrenta uma longa e penosa viagem procurando a cura de seu pai que ficara cego. Na viagem, ele conhece Sara que já tinha sido casada sete vezes, mas sempre na noite de núpcias, seus maridos morriam por causa de um demônio.

Através da oração, do jejum, da ajuda do Arcanjo Rafael e do poder de Deus, Tobias liberta Sara dessa maldição e casa-se com ela. Depois volta à casa de seu pai com um remédio que o Anjo Rafael lhe mandara fazer e o pai fica curado. Isto significa que para que dois corações venham a se encontrar, é preciso desatar primeiro os nós. E assim é a imagem de Nossa Senhora Desatadora dos Nós: rica de mensagens, simbolismos e profundidade teológica.

Desde que o quadro foi colocado na capela de Augsburg, Nossa Senhora Desatadora dos Nós é invocada como a Mãe que desata os nós do pecado e dos problemas que nos prendem. O quadro está lá até hoje e a capela é cuidada pelos jesuítas.

O belíssimo quadro de Nossa Senhora Desatador dos Nós rapidamente se tornou objeto de devoção e culto primeiramente em Augsburg. Logo, notícias de graças sobre graças recebidas através da oração a Nossa Senhora Desatadora dos Nós se espalhou. Então a devoção se espalhou pelo mundo. E onde quer que se leve a devoção, as graças acontecem. Nossa Senhora desata os nós da vida das pessoas, trazendo liberdade, realização e felicidade. A Novena Infalível de Nossa Senhora Desatadora dos Nós se espalhou pelo mundo. São milhares de graças alcançadas através desta oração poderosa.

A CAPELA DE BÚZIOS

Localizada em Búzios, região dos lagos do Estado do Rio de Janeiro existe uma Capela dedicada a Nossa Senhora Desatadora de Nós que tornou-se um dos mais importantes locais de peregrinação à Desatadora do País e um dos mais relevantes do mundo, já que a devoção está presente atualmente em mais de 100 países do Planeta.

Construída pelo casal devoto Paulo Penido e Isis Cunha Penido, a Capela tem um impressionante livro de assinaturas de peregrinos que passa da casa de milhão de assinaturas. Isis tem uma forte devoção a Nossa Senhora Desatadora de Nós e seu marido, hoje falecido, um dos maiores empresários da construção civil do Brasil, apoiou a iniciativa da esposa e construiu a belíssima capela, hoje ponto de parada obrigatória para os devotos da Desatadora. Para os Católicos, cientes de Maria, Mãe de Jesus é medianeira e protetora da humanidade, recomenda-se visitar a Capela de Nossa Senhora Desatadora de Nós. A sensação e a energia do local é a mesma que que um filho tem ao chegar na casa da própria mãe.

A HISTÓRIA DA CAPELA POR ISIS PENIDO, SUA IDEALIZADORA

Em 1997, coordenando mais uma carreata em homenagem a Ela no Rio de Janeiro, cidade onde resido, participei, com o padre Navarro e amigas, da confecção de um grandioso terço de cerca de 20 metros que subiria aos céus, levado por balões de gás. Tive então a ideia de construir uma capela aonde o terço caísse.

O terço caiu numa praia chamada Mauá, município de Magé no Estado do Rio de Janeiro. Estivemos lá, meu marido, eu e alguns amigos, várias vezes. Tentamos tudo para comprar um terreno e realizar o sonho, sem sucesso. Dom Vaz, Bispo de Petrópolis, até celebrou missa no local. Confesso que não entendia a dificuldade, pois meu sonho era tão bonito e eu tinha tudo para realizá-lo. Entreguei meu desejo nas mãos Dela, pois aprendi com Dom Rafael Llano Cifuentes que “Deus sabe mais”.

Em janeiro de 2001, como de hábito, estávamos em Búzios, onde temos casa. Num domingo, após a missa das 20h na igreja de Santa Rita de Cássia, fui falar com o pároco, padre Ricardo Whyte, a fim de pedir sua permissão para construir um altar em homenagem à Nossa Senhora Desatadora dos Nós, de quem sou devota e que tem me concedido muitas graças. Qual não foi meu espanto quando ele, não só permitiu, como perguntou se, ao invés de um altar, eu não preferiria construir uma capela. Fiquei atônita, e só me lembrava da frase: “Deus sabe mais”…

Padre Ricardo me mostrou a área lateral da igreja e disse que ali poderia erguer a capela. Senti que aquele era o lugar que Ela queria e imediatamente comecei os preparativos, sempre com o apoio do Padre Ricardo. Uma amiga arquiteta, Andréa Andrade, se ofereceu para criar o projeto; convidei Lucy Sá Peixoto para ser curadora, pois queria o melhor para Nossa Senhora. Lucy não só aceitou como doou uma Madonna (Nossa Senhora Desatadora dos Nós) de seu falecido marido, o escultor José de Sá Peixoto.

Convidou então, Sergio Martinolli, Hildebrando Lima e Mario Borriello que, imediatamente se integraram ao grupo. Hugo Desmazières, Santos Sobrinho, João do Nó, Claudia Miranda também aceitaram meu convite e colaboraram com sua arte. Uma amiga, Valquíria Young, doou azulejos pintados à mão retratando Nossa Senhora e Santa Rita, para o pórtico de entrada.

A obra começou no dia 12 de março de 2001 e foi inaugurada, com a presença de várias autoridades e quatro mil, pessoas no dia de Nossa Senhora Desatadora dos Nós, 8 de setembro do mesmo ano. Recebemos de Roma a Benção Apostólica de Sua Santidade, o Papa João Paulo II e constatamos durante a construção que esta é a primeira capela do mundo construída e inteiramente dedicada a Nossa Senhora Desatadora dos Nós, pois não possui outros Santos, apenas Ela retratada de várias formas.

Desde a aparição do milagroso quadro, em Augsburg, Alemanha, no ano de 1700, existem altares em Sua homenagem na Europa, Argentina e no Brasil. Na Áustria, existe uma igrejinha linda, porém, com outros santos também. Mais de 150 mil pessoas já visitaram a capela, colocaram os seus pedidos e os ex-votos recebidos são em número significativo provando o poder de Nossa Senhora. Espero que outras pessoas construam Capelas ou Igrejas

UM POUCO SOBRE ISIS PENIDO, A CONSTRUTORA DA CAPELA E GRANDE DEVOTA DA DESATADORA

Isis Penido, advogada, é Lugar Tenente da  da Pontifica Ordem Equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém, que tem como Grão-Prior no Brasil Sua Eminência Reverendíssima, Dom Orani João, Cardeal Tempesta.

De família religiosa, durante toda sua vida esteve envolvida em trabalhos assistenciais. Dedicada, é membro do “Theresian World Ministry”, já ministrou aulas de catequese e grupos de orações, além de ter participado do comitê organizador da vinda do Papa João Paulo II ao Brasil. Seu marido, Paulo Penido, participou da construção da Basílica Nova de Aparecida do Norte, onde seus filhos foram batizados e crismados por Dom Geraldo Penido, Arcebispo da cidade na época e primo do casal.

Sua neta, Maria Theresa, foi a única criança brasileira escolhida para o Batismo do Jubileu em Roma. Foi batizada pelo Papa João Paulo II, na Capela Sistina, em Roma, no dia 9 de janeiro de 2000. A fé de Isis vem de família, o que ela agradece aos seus pais, principalmente a devoção à Nossa Senhora. O envolvimento com a igreja e as muitas graças recebidas a inspiraram nesta empreitada de sucesso, que foi a construção da Capela de Nossa Senhora Desatadora de Nós e que na verdade é um grande presente para a comunidade católica mundial, tanto religioso quanto cultural, devido às obras de arte nela reunidas.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Dauro Machado: A Desatadora de Nós e sua capela em Búzios. Local de peregrinação

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui