Defensoria Pública e Frente Parlamentar em Defesa da Educação Inclusiva fazem mutirão em Campo Grande no sábado

A atividade, que terá início às 9h na Casa Bosque, tem como objetivo acolher denúncias sobre a falta de inclusão nas escolas

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
O encontro vai ser realizado na Casa Bosque

A Frente Parlamentar em Defesa da Educação Inclusiva e a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro realizarão um mutirão pela educação inclusiva no próximo sábado, 11 de novembro, em Campo Grande. A atividade, que terá início às 9h na Casa Bosque, tem como objetivo acolher denúncias sobre a falta de inclusão nas escolas.

Para a presidente da Frente, vereadora Luciana Boiteux (Psol), trata-se de uma ação necessária para conhecer melhor as demandas das famílias e para criar políticas públicas que de fato promovam a inclusão na educação. “Já recebemos diversos relatos de mães que não se sentem seguras para levar seus filhos à escola porque as crianças ficam sem o atendimento adequado. A falta de recursos e de atendimento especializado estão entre as principais causas dessa insegurança”, ressalta a parlamentar.

Durante a ação, a Defensoria Pública realizará atendimentos à população, prestando assessoria e orientação jurídica gratuita especialmente voltada para a inclusão nas escolas, além de fazer consultas processuais e agendamentos e encaminhamentos para os núcleos especializados. Os interessados em receber atendimento podem fazer uma pré-inscrição pelo link https://tinyurl.com/2p8uvekk. A ação contará com atividades para famílias de crianças com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento, altas habilidades e síndromes raras.

Advertisement

A Casa Bosque fica na Estrada da Caroba, 449, próximo à Feuc, Campo Grande.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Defensoria Pública e Frente Parlamentar em Defesa da Educação Inclusiva fazem mutirão em Campo Grande no sábado
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui