Depósito irregular de materiais esportivos é flagrado na praia de Ipanema

Foram aprendidas 40 bolas, 50 metros de fio, 77 cones, 200 metros de corda, 11 cadeiras, cinco banquetas, uma lixeira, uma rede, pesos, entre outros

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

Neste domingo (02/04), a Secretaria de Ordem Pública (SEOP) realizou uma operação de fiscalização na orla do Rio. Os agentes flagraram diversos contêineres chumbados na parede na praia de Ipanema e dentro deles centenas de materiais esportivos, como 40 bolas, 50 metros de fio, 77 cones, além de 200 metros de corda. Todo esse material foi apreendido, assim como 11 cadeiras, cinco banquetas, uma lixeira, uma rede, pesos, entre outros.

Durante a operação na orla do Leblon e Ipanema, uma motocicleta também foi apreendida, pois o aluguel dela não está autorizado, alimentos sem o armazenamento adequado e colocando em risco a saúde pública também foram retirados de circulação e duas churrasqueiras.  Já na orla da Barra da Tijuca e Recreio, 20 barracas foram fiscalizadas e 24 tapetes vendidos ilegalmente foram apreendidos. 

A praia é um local público e não pode ser privatizada pelas pessoas que frequentam as areias e que têm atividades comerciais por lá. É preciso que as pessoas entendam que os agentes da SEOP apreendem essas mercadorias para desobstruir o local, que é para o uso de todos. Nenhum tipo de depósito é permitido nas areias e serão removidos e apreendidos sempre que a equipe efetuar o flagrante”, afirma o Secretário de Ordem Pública Brenno Carnevale

Os agentes também atuaram em áreas com grande concentração de turistas como o Museu do Amanhã e o Terminal Rodoviário Novo Rio. As ações têm como objetivo o foco no ordenamento urbano, controle do trânsito, estacionamento irregular e para coibir ilegalidades relacionadas ao bom convívio coletivo no município do Rio.

Advertisement

Leia também

Terminal Gentileza começa a operar para população; veja detalhes

Pedro Paulo cada vez mais certo como vice de Eduardo Paes – Bastidores do Rio

A SEOP também esteve no domingo à noite na Zona Norte da cidade e realizou a Operação Perturbação do Sossego. Nove estabelecimentos foram fiscalizados, mas todos estavam respeitando as regras da prefeitura. Desde janeiro, 329 estabelecimentos foram fiscalizados e 46 multados por estarem com o som acima do permitido. Ao todo, R$280 mil de multa foi aplicada pela prefeitura nos bares que desrespeitaram a lei. 

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Depósito irregular de materiais esportivos é flagrado na praia de Ipanema

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui