Descarte irregular de lixo vira ‘paisagem’ na Lapa

Problema de Lixo Residencial e Descartes de Visitantes Torna-se Comum"

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

A Lapa, na região central do Rio de Janeiro, conhecida por sua efervescência cultural e boêmia, vem enfrentando sérios problemas relacionados ao descarte irregular de lixo, gerando transtornos para moradores, estabelecimentos comerciais e frequentadores. Pontos específicos têm sido identificados como focos de desordem urbana, causando incômodo e insatisfação na comunidade local.

Na Avenida Henrique Valadares, em frente ao Posto de Saúde, tornou-se comum o despejo irregular de resíduos provenientes de condomínios e estabelecimentos comerciais da área. “Embora a coleta de lixo ocorra diariamente, no período entre 18h e 19h de segunda a sexta-feira, e mais cedo aos sábados e domingos, os horários estabelecidos não têm sido respeitados, deixando a via frequentemente tomada por lixo“, denuncia uma moradora pelas redes sociais.

Outro ponto crítico é próximo à Praça João Pessoa, onde um hotel despeja seus resíduos diretamente na calçada, sem o uso de containers adequados. “Sacos de lixo são deixados em frente aos prédios residenciais ou nas proximidades do comércio local, ocasionando não só um problema estético, mas também gerando atritos entre funcionários do hotel e moradores locais“, completa.

Advertisement

Na Rua Ubaldino do Amaral, número 40, o descarte inadequado de lixo é agravado pela presença de pessoas em situação de rua, que reviram os sacos em busca de materiais recicláveis, deixando a via constantemente suja e desorganizada.

WhatsApp Image 2024 03 25 at 5.03.53 PM Descarte irregular de lixo vira 'paisagem' na Lapa
Visitantes e comerciantes não se preocupam e deixam o lixo exposto por ruas como a Mem de Sá e Riachuelo, causando também mau cheiro nas calçadas e vias

Além disso, nas imediações do depósito de bebidas próximo à Praça João Pessoa e em frente ao estabelecimento Boemia, sacos de lixo improvisados se acumulam, exalando mau cheiro e gerando chorume, tornando o local insalubre para moradores e transeuntes.

A situação se agrava na Rua dos Inválidos, entre a Mem de Sá e a Riachuelo, especialmente a partir das 17h, quando o trecho se torna um verdadeiro “cenário de horror”, com lixo espalhado e a falta de higienização adequada. Os moradores denunciam que estabelecimentos comerciais e residenciais não respeitam os horários estabelecidos para o descarte de lixo, contribuindo para a desordem na região.

Diante desses problemas, os moradores clamam por uma ação mais efetiva por parte das autoridades competentes para fiscalizar e coibir o descarte irregular de resíduos, bem como para conscientizar a população sobre a importância de manter a cidade limpa e organizada. Enquanto isso, a desordem urbana na Lapa persiste, afetando a qualidade de vida de todos que vivem, trabalham e visitam essa importante região do Rio de Janeiro.

Em nota, a Comlurb informou que  a rotina de limpeza na Lapa está normal. “Os serviços de varrição e lavagem hidráulica são realizados diariamente, três vezes ao dia, de segunda a domingo, e limpeza das caixas de ralo sempre que necessário, e a coleta domiciliar acontece de segunda a sábado, a partir das 19h. A coleta seletiva no bairro é realizada todos os sábados entre 7h e 15h. Há inclusive contêiner metálico de alta capacidade em algumas áreas para comportar o lixo“.
 

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Descarte irregular de lixo vira 'paisagem' na Lapa
VIAAmanda Raiter
Avatar photo
Formada em Comunicação Social desde 2004, com bacharelado em jornalismo, tem extensão de Jornalismo e Políticas Públicas pela UFRJ. É apaixonada por política e economia, coleciona experiências que vão desde jornais populares às editorias de mercado. Além de gastar sola de sapato também com muita carioquice.
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui