Viradouro por Lucas Mobile Eu já tinha escutado uma história destas, de que queriam botar o desfile de carnaval em uma data fixa, só que hoje o G1 traz mais informações. De acordo com a matéria do site, o Presidente Pesquisador e Diretor da LIESA, Hiram Araújo, é que como este ano o carnaval ocorre no começo de fevereiro, dia 17 2de fevereiro, isso representaria prejuízo para as Escolas de Samba, já que diminui o número de ensaios nas quadras de Samba e os turistas deixariam logo depois da quarta-feira de cinzas.

Para Hiram, o desfile seria uma espécia de carnaval fora de época:

“A data do carnaval foi marcada no ano 590 depois de cristo, era um período que você poderia comer carne à vontade para se preparar para o jejum que viria depois. Hoje vivemos um carnaval que é uma indústria cultural e não tem nada a ver com a questão religiosa”, defende ele.

Para sustentar sua tese, o pesquisador lembra que cidades como Belo Horizonte e Natal não têm tradições carnavalescas, mas contam com carnavais fora de época fortíssimos de público. “Os baianos são os grandes espertos disso, porque fazem o carnaval fora de época o ano inteiro”, resume.

Ele deve saber do que está falando, é uma pessoa importante no mundo do carnaval carioca. Entretanto, contudo, todavia, ele deve saber que vai ficar na tese. Não vejo chances da população concorda com algo assim, ia ser necessário parar a cidade pelo menos um dia por causa do desfile, que mesmo que acontecesse sábado e domingo, ia precisar parar aquela parte do Centro para limpeza e não ia combinar com um dia normal de trabalho.

Fora que o Desfile é de carnaval, que eles descubram outra forma de ganhar dinheiro, comecem os ensaios antes, sei lá…

Foto do Flickr de Lucas Mobile.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui