Dia dos Namorados: pesquisa aponta que pessoas de 24 a 34 anos são as mais propensas a celebrar a data

Estudo da Ecglobal entrevistou mil participantes e mostra uma significante diferença de preferências por faixa etária e o gênero dos entrevistados

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Uma pesquisa conduzida pela Ecglobal, empresa focada em consumer insights e comunidades da plataforma Haus do Grupo Stefanini, envolvendo mil participantes, trouxe à tona tendências interessantes sobre como os brasileiros planejam celebrar o Dia dos Namorados este ano. O estudo revelou que as preferências de comemoração variam significativamente de acordo com a faixa etária e o gênero dos entrevistados. De acordo com o levantamento, pessoas entre 25 e 34 anos são as mais vibrantes com a data, com 68% delas afirmando que têm certeza de que irão comemorar o Dia dos Namorados. Em contraste, apenas 40% dos entrevistados com 55 anos ou mais demonstram a mesma certeza.

A pesquisa também mostrou que quase 30% não possuem uma tradição específica para 12 de junho. No entanto, muitos desses indivíduos ainda costumam presentear ou passar o dia com seus parceiros. Dentre os participantes, 62% preferem celebrar tanto com produtos quanto com experiências marcantes, enquanto 17% optam exclusivamente por experiências e 14% apenas por produtos. As diferenças nas preferências de comemoração também são marcantes entre homens e mulheres. As mulheres demonstram uma inclinação maior por planejar diversas experiências além de uma refeição especial, em comparação com os homens. Além disso, pessoas com até 34 anos tendem a buscar mais experiências variadas para a data, contrastando com aquelas com 35 anos ou mais, que preferem uma celebração mais tradicional.

Entre as atividades preferidas, ir a um restaurante lidera a lista, sendo a escolha de 70% dos entrevistados. Outras opções populares incluem preparar um jantar em casa (41%), fazer uma viagem (40%), realizar um passeio ao ar livre (36%), ir ao cinema (34%) e participar de shows e eventos culturais (26%). Com isso, os restaurantes podem esperar um aumento significativo no número de clientes que desejam comemorar antes ou depois do dia 12, devido às dificuldades que muitos enfrentam para celebrar exatamente na data.

Advertisement

No que diz respeito aos presentes, produtos de beleza e perfumaria são os preferidos tanto para mulheres (68%) quanto para homens (63%). A pesquisa também revelou que as mulheres são mais propensas a presentear com eletrônicos, roupas, sapatos e acessórios de moda, enquanto os homens demonstram uma preferência maior por presentear com joias. A tendência de presentear com produtos de beleza e perfumaria é mais forte entre os jovens, comportamento que se reflete também na escolha de acessórios de moda. Além disso, 79% dos entrevistados concordam que presentes personalizados, como joias com nomes gravados e objetos feitos à mão, são mais significativos para comemorar o relacionamento.

“Os dados revelam tendências valiosas sobre as preferências dos brasileiros no Dia dos Namorados, destacando a importância de os comerciantes se prepararem para atender às demandas dos consumidores. Criatividade e personalização são estratégias-chave, especialmente para marcas fora das categorias de alimentação, beleza e moda com as redes sociais sendo fundamentais para criar essa conexão. Para isso, é essencial que as marcas destaquem tradições como a troca de presentes e estar junto ao parceiro, ofereçam experiências além de produtos, personalizem ofertas e brindes, e garantam um atendimento pós-venda e entrega personalizados, fortalecendo assim o relacionamento com os consumidores”, analisa Adriana Rocha, CEO e co-fundadora da Ecglobal.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Dia dos Namorados: pesquisa aponta que pessoas de 24 a 34 anos são as mais propensas a celebrar a data
Renata Granchi
Renata Granchi é jornalista e publicitária com mestrado em psicologia. Passou pela TV Manchete, TV Globo, Record TV, TV Escola e Jornal do Brasil. Escreveu dois livros didáticos e atualmente é diretora do Diário do Rio. Em paralelo, presta consultoria em comunicação e marketing para empresas do trade.
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui