Foto: Reprodução Sepe

A Secretaria municipal de Educação do Rio exonerou, nesta terça-feira (25/05), a direção da Escola Cívico-Militar Carioca General Abreu, no Rocha, na Zona Norte do Rio, por “desrespeito ao protocolo sanitário e por conduta incompatível com o ambiente escolar“. A decisão foi tomada após o Sindicato estadual dos Profissionais de Educação (Sepe) recorrer a pasta depois de receber vídeo e fotos de alunos aglomerados no pátio, durante a formatura, e ouvindo um discurso que, segundo o Sepe, foi de doutrinação, com o uso da frase “Brasil acima de tudo, abaixo de Deus” semelhante à usada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”.

Na interpelação enviada pelo sindicato para o Ministério Público Estadual, para a Comissão de Educação da Câmara Municipal e para a SME o Sepe RJ questiona a quebra dos protocolos de segurança contra a covid-19 e o discurso partidário e doutrinário utilizado pelo orador perante alunos e responsáveis presentes à formatura, que se configura claramente numa atitude contra os princípio educacionais, com utilização de slogans do governo federal (“Brasil acima de Tudo, Deus acima de todos), deixando claro também que os estudantes da escola seriam privilegiados em relação aos alunos da rede regular (“Nós somos nós. E o resto é o resto!).

O Sepe alertou para a tentativa de criação de uma rede de ensino à parte da rede municipal de educação com unidades militarizadas que submetem seus alunos à doutrinação, retirando deles a individualidade e a capacidade de autodesenvolvimento. O sindicato entende que este modelo de escola, além de não atender a diversidade, não contribui para a formação de cidadãos com capacidade crítica.

“Não podemos admitir que o prefeito Eduardo Paes e o secretário Renan Ferreirinha transformem nossas escolas em unidades militarizadas, com objetivo de doutrinação dos estudantes e de disseminação de discursos extremistas utilizados pelo governo federal. Também vamos exigir a manutenção dos protocolos de segurança contra a covid-19, dentre elas a manutenção do isolamento social dentro do espaço escolar”, informou o Sepe.

4 COMENTÁRIOS

  1. Todos os extremos são danosos. primeiro os esquerdistas liderados pelo PT e outros, agora Bolsonaro de direita. É necessário botar de lado a ratazana que temos dentro de nós. O que realmente é melhor para a Nação Brasileira como um todo e para o Brasil? Esta é a pergunta a ser feita! Sejamos honestos conosco e com os nossos compatriotas que sofrem.

  2. O termo “Brasil acima de tudo, abaixo de Deus.” é um termo utilizado a séculos, em nada tem a ver com o presidente da república… isso demonstra a dissonância cognitiva de seres desprovidos de inteligência que tomaram conta da educação brasileira… espero que os pais reajam a esse ultraje… chamara a voz que brada a Deus de extremismo… é execrável…

  3. Já faz uma eternidade que esse covil chamado “sepe” deveria sefrer interdição e fechamento pelos crimes que cometeu durante a pandemia especialmente pela perda do ano letivo de 2020, o que se extende a 2021.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui