Número de armas apreendidas no Rio dobrou em 2022

Foram apreendidas mais de 400 armas de fogo, entre fuzis, pistolas e revólveres. O programa ainda revelou que auxiliou na prisão de 699 criminosos

imagem ilustrativa - CC0 Domínio público

Um levantamento do Disque Denúncia divulgado nesta terça-feira, (10/01), aponta que o número de armas de fogo apreendidas, após informações passadas pela instituição, dobrou em 2022 em comparação com o ano anterior.

Foram apreendidas 450 armas de fogo, entre fuzis, pistolas e revólveres.

O Disque Denúncia ainda auxiliou, de forma indireta e apenas com o repasse de dados, na prisão de 699 criminosos – quase o triplo de prisões na comparação com 2021.

Renato Almeida, diretor-Geral do Instituto MovRio e coordenador-geral do Disque Denúncia, afirma que os resultados mostram uma colaboração perfeita entre a sociedade cívil e a instituição.

Mostram a colaboração incansável da sociedade civil, das instituições policiais, da imprensa e de patrocinadores”, diz Renato.

Outros números do balanço do Disque Denúncia:

Programa Procurados ajudou a prender 207 foragidos da Justiça, inclusive de outros estados;

1,5 tonelada de drogas apreendidas;

2,2 mil maços de cigarros contrabandeados recuperados;
1,5 mil máquinas caça-níqueis apreendidas;

148 veículos recuperados;

112 desaparecidos encontrados;

20 mil denúncias no programa Linha Verde.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui