Distribuição de água gratuita da Cedae atendeu mais de meio milhão de pessoas em 2023

No ano passado, o grupo serviu 167 mil litros de água para 541 mil pessoas em 497 eventos

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Léo Ripamonti/Divulgação

O calor no Rio, que o El Niño só faz aumentar, fez crescer também o trabalho dos aguadeiros de Cedae, colaboradores que servem água geladinha, de graça, em grandes eventos da cidade. No ano passado, o grupo serviu 167 mil litros de água para 541 mil pessoas em 497 eventos.

Um dos meses em que os aguadeiros mais trabalharam foi novembro, quando a cidade enfrentou uma onda de calor extremo. Para ajudar a população a enfrentar as altas temperaturas, a Cedae levou água gelada de graça aos pontos com grande circulação de pessoas: Central do Brasil, Largo da Carioca e Madureira. Após determinação do Governo do Estado, a iniciativa também chegou aos fãs da cantora americana Taylor Swift, que se apresentou no Estádio Nilton Santos (Engenhão).

A preocupação com os impactos ao meio ambiente, que norteia todas as ações da Cedae, está presente no trabalho dos aguadeiros. Por isso, eles só utilizam copos biodegradáveis, que são feitos de matérias-primas com fontes renováveis e, ao contrário dos copos de plástico, se decompõem rapidamente.

Além de matar a sede das pessoas, a ação, resultado de uma parceria da Cedae com a Fundação Santa Cabrini, que emprega e ressocializa apenados do sistema prisional do estado.

Advertisement

Leia também

Estrangeiros LGBTQIA+ estão comprando todos novos imóveis de Ipanema – Bastidores do Rio

TransBrasil inicia operações neste sábado, da Penha ao Terminal Gentileza

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Distribuição de água gratuita da Cedae atendeu mais de meio milhão de pessoas em 2023

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui