Dos 42 abordados em operação de segurança, em Copacabana, todos tinham passagem pela polícia

Durante a ação, as autoridades apreenderam vários cachimbos de crack, além de um triturador de maconha

Um dos moradores de rua abordados portava tornozeleira eletrônica / Divulgação

Forças de segurança do Governo do Estado, em parceria com outros órgãos públicos, realizaram na manhã desta terça-feira (17), uma operação de combate à desordem pública e à violência nas ruas do bairro de Copacabana, na Zona Sul da cidade. Durante a ação, as autoridades apreenderam vários cachimbos de crack, além de um triturador de maconha. Dos 42 moradores de rua abordados, todos possuíam passagem pela polícia.

“O objetivo da operação foi o uso indiscriminado de drogas, mais precisamente o crack, pelos moradores em situação de rua, já que a loucura e a abstinência, levam os meliantes a abordarem moradores, trabalhadores e turistas que trafegam pelo bairro”, comentou superintendente da Zona Sul, Marcelo Maywald.

Foram alvos da ação fiscalizatória: as Avenidas Nossa Senhora de Copacabana e Atlântica; as Ruas Barata Ribeiro, Figueiredo de Magalhães e Siqueira Campos; as Praças do Lido e Serzedelo Correa; os túneis Rubem Vaz e Sá Freire, além da orla.

De acordo com as equipes do poder público estadual, as operações de ordenamento das ruas de Copacabana serão cada vez mais intensas, não desconsiderando uma via sequer do bairro.

A ação foi comandada pelo Tenente Coronel, Antônio Ludogero, comandante do 19° BPM, o Tenente Coronel Marcos Paulo, subcomandante do 19° BPM, o Tenente Cel. Robson Cardeal, comandante do BPTUR e o Capitão Rosemberg, comandante do Copacabana Presente, além do superintendente da Zona Sul do Governo do Estado – SEGOV, Marcelo Maywald.

Imagens da operação realizada, nesta terça-feira (17), em Copacabana / Divulgação

Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui