DreamFactory apresenta Manifest, festival de música eletrônica na Marina da Glória

Evento, que entra para o calendário do Rio de Janeiro, promoverá grandes encontros entre DJs nacionais e internacionais em 2 palcos

A Dream Factory, uma das principais empresas de entretenimento do país com foco em gerar experiências reais e inesquecíveis para o público, apresenta o MNSFT (pronuncia-se Manifest). O projeto, dedicado à música eletrônica, acontecerá na Marina da Glória, na cidade do Rio de Janeiro, em 26 de novembro. A partir desta primeira edição, o evento entrará para o calendário anual de iniciativas culturais da Cidade Maravilhosa.

A empresa espera receber 5 mil pessoas para assistir as atrações musicais nacionais e internacionais. Mais do que um evento musical, ele tem a ambição de propor uma experiência consciente na forma de consumir entretenimento, através de mensagens de que natureza, tecnologia, arte e sustentabilidade, podem coexistir de forma harmônica, para uma vida melhor. E a música eletrônica será o fio condutor dessa experiência. O evento está programado para começar às 16h e terminar às 04h do dia seguinte, tendo ao fundo a vista para a Baía de Guanabara.

O MNFST promoverá práticas e reflexões sobre sustentabilidade, através da consultoria de André Palhano, que é o responsável pelo evento Virada Sustentável, realizado há mais de 10 anos em SP e é considerado um dos maiores festivais de sustentabilidade do país. Uma das ações programadas trabalha com a problemática do lixo eletrônico. No Brasil, são mais de 2 milhões de toneladas de e-waste por ano e menos de 10% desse total é corretamente descartada. Uma mostra de robôs gigantes construídos com técnicas que misturam lixo eletrônico e sucata abordará o tema de maneira maneira lúdica e provocativa. A obra será assinada pelo coletivo ReSPecT, que surgiu há 16 anos com o objetivo de atuar na conscientização sobre os cuidados com a natureza e o respeito mútuo entre as pessoas, reunindo artes visuais, plásticas, sonoras, experimentais, performáticas e cênicas.   

No domingo, 27 de novembro de 2022, para fechar a programação, uma versão reduzida do MNFST, acontecerá na cidade de Niterói, em local aberto, com ingressos gratuitos. Neste evento, estão previstas as apresentações de duas atrações musicais. O evento está previsto para acontecer das 16h às 22h.

A curadoria musical do MNFST está sendo realizada por Claudio da Rocha Miranda Filho, produtor e empreendedor com mais de 20 anos de experiência na produção de eventos de música eletrônica. Ele foi o criador do Rio Music Conference e do Rio Music Carnival e, desde 2019, é o Diretor Artístico do Palco New Dance Order do Rock in Rio, voltado para música eletrônica. Para o desenvolvimento da comunicação destinada ao projeto, foi fechada uma parceria de longo prazo com a Black Haus, empresa de branding e experiência de marca.

O público presente ao festival ainda poderá desfrutar de espaços de convivência e ativações de marca através de experiências únicas, além de áreas para degustação de comidas e bebidas.

“O projeto MNFST é uma intervenção na capacidade criativa do Rio de Janeiro e um estímulo para promover de diversas formas a música eletrônica. Além disso, é uma maneira assertiva para dialogar com um público-alvo precioso e qualificado. Vale lembrar também a oportunidade de reunir e construir um diálogo direto com a comunidade da música eletrônica como um todo – desde DJs até os selos e gravadoras”, ressalta Claudio Romano, CEO da Dream Factory.

Renata Granchi
Renata Granchi é jornalista e publicitária com mestrado em psicologia. Passou pela TV Manchete, TV Globo, Record TV, TV Escola e Jornal do Brasil. Escreveu dois livros didáticos e atualmente é diretora do Diário do Rio. Em paralelo, presta consultoria em comunicação e marketing para empresas do trade.
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui