Durante sabatina, Cláudio Castro afirma que tem combatido a corrupção policial com investimentos

"A nossa polícia tinha o segundo pior salário do Brasil. Hoje é o terceiro melhor", disse o governador do Rio

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Cláudio Castro - Foto: Governo do RJ/Divulgação

O governador Cláudio Castro (PL), candidato à reeleição, foi o convidado de uma sabatina promovida pela rádio Tupi, nesta quarta-feira (28). Durante o encontro Castro falou sobre Segurança Pública, combate à corrupção policial, sistemas de transporte e saúde.

Sobre a pasta da Segurança Pública, o governador ressaltou que a área foi sucateada por más decisões tomadas por governos anteriores. Ele lembrou que, durante o seu governo, o piso salarial dos policiais recebeu um aporte considerável, o que colocou as corporações estaduais na condições das mais bem pagas do Brasil.

“Segurança pública é um processo. Ela se deteriorou durante o processo. Foram decisões erradas e sucateamento. A nossa polícia tinha o segundo pior salário do Brasil. Hoje é o terceiro melhor. Estamos comprando arma, colete e viatura. O que nós estamos fazendo na prática é ajeitar a estrutura da segurança pública,” disse o chefe do Executivo estadual à Isabelle Benito.

Ainda sobre a pasta Castro afirmou que tem combatido a corrupção nas forças de segurança estaduais. Para ele, valorização da polícia é a melhor maneira para evitar que atos de má fé sejam executados por agentes policiais.

Advertisement

Leia também

Águas do Rio alega não saber sobre situação da Cedae mas presidente foi diretor da empresa – Bastidores do Rio

Antiga garagem da Silveira Martins é vendida por R$19,7 milhões a incorporadora

“Castro frisou ainda que atua constantemente para combater a corrupção entre os agentes de segurança (…) a corrupção está de uma maneira muito forte. Temos combatido dentro das polícias. A gente também tem trabalhado na valorização da polícia”, afirmou Castro à entrevistadora.

A sistema de transporte público também foi abordado pelo governador durante a sabatina. Ele destacou que a construção de novas estações do metrô é a melhor saída para aliviar a sobrecarga de passageiros nos trens da Supervia e, assim, melhorar o transporte na Baixada Fluminense. Segundo Cláudio Castro, as obras do metrô estão orçadas em R$ 1 bilhão.

“O metrô vai até Nova Iguaçu. é uma obra de R$ 1 bilhão. Ano que vem começamos a construir a transbaixada, que vai mudar a história da baixada toda”, adiantou Cláudio Castro à comunicadora.

Na sabatina, Castro criticou ainda a Supervia em razão dos constantes atrasos. Ele classificou como “péssima” a atual concessão da companhia.

Sobre a pasta da Saúde, o governador destacou que, para acabar com as filas de espera por atendimento, é necessário que sejam construídos mais hospitais. “Tem que ter mais unidades. É isso que nós estamos fazendo hoje”, finalizou.

As informações são da rádio Tupi.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Durante sabatina, Cláudio Castro afirma que tem combatido a corrupção policial com investimentos

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui