É ou não é? Eduardo Paes entra na polêmica e diz que Rio reconhce esports como esporte

Prefeito do Rio fez reunião com representantes do mercado de games e anunciou criação de coordenadoria para os esports

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes entrou na polêmica e afirmou que o Rio reconhece os esports como “importante modalidade de esporte”. O chefe do executivo muncipal também anunciou a criação de uma coordenadoria para o setor dentro da prefeitura. O objetivo transformar a cidade na “capital mundial dos esports”.

A opinião de Paes foi manifestada em rede social, nesta quinta-feira (12/01), após reunião com representantes do mercado de campeonatos de games. A reunião aconteceu dias depois de a ministra do Esporte, Ana Moser, declarar que esports não são esportes, o que gerou uma série de críticas por parte da comunidade de jogos eletrônicos, e tem provocado debates intensos nas redes sociais.

“Rio, capital dos esports! O Rio reconhece o esports como uma importante modalidade de esporte e que traz consigo os princípios mais importantes da prática esportiva como disciplina, foco, inclusão social e competição“, diz o post feito pelo prefeito no Twitter nesta quinta-feira.

Paes anunciou ainda que irá criar uma coordenadoria específica para esports, diretamente ligada ao gabinete do prefeito, para, nas palavras dele, “fazer do Rio a capital mundial dos esports“.

Participaram da reunião com o prefeito do Rio: a apresentadora Nyvi Estephan; o narrador Tácio “Schaeppi”; o cofundador da FURIA André Akkari; a dona da Black Dragons, Nicolle “Cherrygumms”; o dirigente da Miners Marcelo Fadul; o CEO da Player1, Leandro Valentim; e os jornalistas Barbara Gutierrez e Chandy Teixeira.

Prefeito do Rio, Eduardo Paes, em reunião com representantes dos esports (Foto: Reprodução/Twitter)

Em novembro do ano passado, o Rio de Janeiro recebeu o IEM Major Rio 2022, o campeonato mundial de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO), realizado pela primeira vez no Brasil e na América do Sul. O evento aconteceu primeiro no Riocentro e teve os playoffs disputados na Jeunesse Arena. A brasileira FURIA chegou às semifinais.

A reunião e a declaração de Eduardo Paes acontecem dois dias depois de a ministra do Esporte, Ana Moser, ter declarado, em uma entrevista ao UOL, que não considera os esports como esportes e que, por isso, não haverá investimento público neste segmento. Ela comparou os treinos de jogadores profissionais de esportes eletrônicos aos de preparação física da cantora Ivete Sangalo.

A meu ver, o esporte eletrônico é uma indústria de entretenimento, não é esporte. Então, você se diverte jogando videogame, você se divertiu. “Ah, mas o pessoal treina para fazer”. Treina, assim como o artista. Eu falei esses dias, assim como a Ivete Sangalo também treina para dar show e ela não é atleta da música. Ela é simplesmente uma artista que trabalha com entretenimento. O jogo eletrônico não é imprevisível. Ele é desenhado por uma programação digital, cibernética. É uma programação, ela é fechada, ela não é aberta, como o esporte”, disse Ana Moser na última terça-feira.

Advertisement

3 COMENTÁRIOS

  1. A pessoa é hipertensa, com colesterol e glicose altos, fica só jogando games… me digam depois de um tempo o que aconteceu com ela. Óbvio que não é esporte, é a antítese da atividade física saudável.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui