EduRank 2022 aponta UFRJ como terceira melhor universidade da América Latina

Universidade do RJ também foi classificada como a segunda melhor do país, ficando atrás da USP em São Paulo; o ranking independente é baseado em métricas de mais de 14 mil universidades de 183 países

Imagem livre de copyrights sob Creative Commons Attribution 2.0 Generic license - Foto: Omar Uran

O EduRank 2022 classificou a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) como a terceira melhor universidade da América Latina e a segunda melhor do Brasil. O ranking independente é baseado em métricas de 14.131 universidades de 183 países. Nesse estudo, foram classificadas as 100 melhores universidades da América Latina com base em sua reputação, desempenho em pesquisa e impacto de ex-alunos.

Ao todo, foram processadas 30,9 milhões de citações recebidas por 2,77 milhões de publicações feitas por 1.756 universidades latino-americanas. Além disso, foi medida a popularidade de 6.017 ex-alunos reconhecidos e utilizado o maior banco de dados de links disponível para calcular a proeminência não acadêmica.

A UFRJ está entre as 300 melhores universidades no ranking geral mundial 2022, na 227ª colocação. A instituição destaca-se no 54º lugar entre 1.105 universidades em Zoologia; 70º lugar de 1.052 universidades em Filosofia; e 76º lugar de 1.531 universidades em Microbiologia. Quando se considera o impacto dos ex-alunos, a UFRJ está na 271ª colocação de 7.353 universidades. Para destaque não acadêmico, marca o 344º lugar de 14.131 instituições avaliadas e ficou no Top 50% para 211 outros tópicos.

Além disso, ficou também no Top 50% em 214 tópicos acadêmicos.

Foto: Conexão UFRJ/Por Sidney Coutinho 

Denise Pires, reitora da Universidade, afirma que o resultado positivo marca o protagonismo da Instituição na produção intelectual no Brasil e na América Latina.

“Esse resultado consolida a retomada do destaque da UFRJ nos rankings internacionais, que refletem a relevância da nossa Universidade como instituição de importância nacional e internacional, assim como o seu impacto regional”, afirma. “Isso honra o corpo social da nossa Universidade, mas também reforça que ainda temos muito trabalho pela frente, no sentido de ganhar mais posições e manter as boas colocações que temos alcançado”, conclui.

Destaques

O EduRank destaca os cursos de Medicina, na 7ª colocação, tanto no Brasil quanto na América Latina; Biologia, em 4º lugar no Brasil e em 5º na América Latina; Química, em 3º lugar no critério nacional e em 4º entre as latino-americanas. A UFRJ ficou em 3º lugar em Física no Brasil e 5º lugar na América Latina; e em 5º lugar em Artes e Ciências Sociais no Brasil e 6º lugar entre as latino-americanas. Em Engenharia, a Universidade é a 3ª melhor do país e a 5ª melhor da América Latina, assim como conseguiu a 4ª e a 5ª melhores colocações em Ciência Ambiental no Brasil e na América Latina, respectivamente.

Em Ciência da Computação, a UFRJ é a 5ª e 7ª melhor universidade; e, em Psicologia, a 4ª e 5ª melhor, quando se analisam as universidades brasileiras e latino-americanas, respectivamente. Em Negócios, é a 3ª melhor, tanto no Brasil quanto entre universidades latino-americanas; e, em Arte e Design, a 5ª melhor do Brasil e 6ª da América Latina.

Sobre o EduRank

O EduRank utiliza um banco de dados com um índice de 44.909.300 publicações científicas que receberam 1.237.541.960 citações para classificar as universidades em 246 tópicos de pesquisa. No ranking geral, foram adicionados indicadores de destaque não acadêmico e popularidade de ex-alunos.

A Universidade de São Paulo (USP) ficou classificada em primeiro lugar no Brasil e na América Latina, e a Universidade Nacional Autônoma do México (Unam) figurou em segundo lugar entre as latino-americanas.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui