Efeito Swift: Passagem de Taylor Swift pelo Rio deve impulsionar economia local em R$ 158 milhões

De acordo a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Econômico, a presença da artista pode gerar um impacto econômico significativo; sem levar em consideração a ocupação de quase 100% do setor hoteleiro

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: John Shearer/Getty Images for TAS Rights Management

A cantora norte-americana Taylor Swift promete não apenas encantar os fãs, mas também alavancar a economia do Rio de Janeiro. De acordo com as estimativas da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Econômico (SMDUE), a presença da artista pode gerar um impacto econômico significativo, de aproximadamente R$ 158 milhões. Isso sem levar em consideração os gastos dos turistas em hospedagem, que já se encontram com uma ocupação de quase 100%.

Os próximos shows da turnê “The Eras Tour” estãos marcados para acontecer nesta sexta-feira (17/11), no sábado (18/11) e no domingo (19/11) no Estádio Olímpico Nilton Santos, conhecido como Engenhão, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

O chamado “Efeito Swift” não é novidade. O Federal Reserve Board (FED), o Banco Central dos EUA, já a reconheceu a influência da estrela pop na economia. Ela foi apontada uma força propulsora no setor hoteleiro da Flórida, além de responsável pela geração de cerca de 3.300 empregos na Califórnia.

Chicão Bulhões, o Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano e Econômico, celebra o aquecimento econômico durante este mês repleto de eventos e feriados: “Os grandes eventos trazem turistas, seja para assistirem aos shows de música ou para fazerem negócios. O efeito é que a cidade passa a oferecer mais oportunidade de emprego, gerando renda para quem mora aquiócios locais, impactando diretamente a economia e criando oportunidades de emprego, tanto para os moradores quanto para visitantes.”

Advertisement

O mês de novembro foi marcado por uma sequência de eventos de grande porte, desde feriados até apresentações internacionais e finais esportivas. De acordo com os dados da Secretaria Municipal de Fazenda e Planejamento (SMPF), a SMDUE, estima que, somados, esses acontecimentos impulsionem a economia carioca em cerca de R$ 669,2 milhões.

Este valor representa um aumento de 25% em relação ao mesmo período de 2022, quase quatro vezes mais do que em novembro de 2020, durante o primeiro ano da Covid-19, e um aumento de 56,4% comparado a novembro de 2019, antes da pandemia.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Efeito Swift: Passagem de Taylor Swift pelo Rio deve impulsionar economia local em R$ 158 milhões
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui