Lindbergh FariasHoje se fosse apostar sobre as eleições 2014 diria que o pré-candidato do PT, Lindbergh Farias, não conseguiria colocar sua candidatura para governador. É que faltando mais de um ano para começar a campanha de verdade já aparecem denúncias, ou se repetem, de uma forma que é difícil crer que alguém investiria no Senador pelo PT. As denúncias, todas oriundas do PMDB, aliado do PT em todas as esferas aqui no Rio, no Governo Federal o vice é do PMDB, no estadual o PT está espalhado por várias secretarias e no município o vice-prefeito é do PT. Mas não importa se o pirão é pouco ou se é muito, vindo do PMDB, eles querem o deles primeiro. E assim eles dão as suas jogadas com dossiês para evitar candidaturas que prejudiquem Pezão (PMDB), vice-governador e provável candidato do PMDB a governador em 2014. A revista Época desta semana trouxe uma matéria com as acusações que pesam contra Lindbergh Farias, não diria que há alguma novidade. Quem conhece Nova Iguaçu sabe lá dos problemas que a cidade teve quando governada por Lindbergh e agora simplesmente aparecem pelos interesses de Sergio Cabral e aliados.

Estou longe de achar isso ruim, espero pelo bem do Rio de Janeiro que PT e PMDB digladiem até não sobrar nenhum dos dois. O problema é sobrar apenas o Garotinho, aí, 2014 não será fácil

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui