Em 25 anos de concessão, Supervia faz primeira redução no valor da passagem, prevista para fevereiro

O valor da passagem passa para R$ 7,10, uma economia de 30 centavos. A Mudança já era prevista em contrato e tem por base a inflação medida pelo índice IGP-M e calculado pela FGV

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

A partir do dia 2 de fevereiro, os passageiros que utilizam os trens da Supervia terão um alívio no bolso, já que está prevista uma redução na tarifa, representando uma economia de R$ 0,30 por passagem. Essa alteração anual, já estipulada em contrato, segue a variação da inflação medida pelo índice IGP-M da Fundação Getúlio Vargas. O novo valor foi oficialmente homologado pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários, Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro (Agetransp).

O ajuste, que marca a primeira redução em 25 anos de concessão, leva em consideração os custos fixos impactados pela inflação, abrangendo áreas como energia, manutenção dos trens, via férrea, além da aquisição de peças e equipamentos importados para reposição. A redução beneficia exclusivamente os usuários que pagam a tarifa “cheia”.

Para os passageiros que utilizam o bilhete único, pagando a tarifa social de R$ 5 para acessar os trens, não haverá mudança, já que esse valor já é reduzido. A concessionária transporta diariamente 320 mil pessoas, o que dá um total de 960 mil usuários mensais, na Região Metropolitana do Rio.

O presidente da Agetransp, Adolfo Konder, destacou a importância da decisão unânime e reforçou o compromisso dos conselheiros com o trabalho da agência, que acompanha atentamente as variações do IGP-M publicado pela Fundação Getúlio Vargas: “Sem dúvida, é um grande benefício para a população. São milhares de pessoas que se deslocam para o trabalho nos trens da Supervia e esta diferença de valor, quando somada, representa um alívio para muitas famílias. Acompanhamos atentamente esta questão das tarifas, entre outras atribuições da Agetransp, e seguimos a variação do IGP-M publicado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Foi uma decisão unânime e isso só reforça o compromisso de todos os conselheiros com o trabalho da agência.”

Advertisement

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Em 25 anos de concessão, Supervia faz primeira redução no valor da passagem, prevista para fevereiro
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui