Em cerimônia no Complexo Naval de Itaguaí, Marinha entrega submarino Humaitá

Uma das missões da embarcação é o patrulhamento da Amazônia Azul e de áreas estratégicas para o Brasil do Atlântico Sul

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Submarino Humaitá / Reprodução

O submarino Humaitá foi oficialmente entregue pela Marinha do Brasil nesta sexta-feira (12). A embarcação da classe Riachuelo, que integra o Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSub), é a segunda das quatro encomendadas no âmbito do programa. O submarino, modelo S41, estava em produção desde 2008 e pode permanecer totalmente submerso por até cinco dias.

Pronto para entrar em operação, inclusive em missões militares, o Humaitá passou por uma intensa bateria de testes, sendo o último realizado em dezembro do ano passado, de acordo com a Diretoria-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico (DGDNTM).

Durante a cerimônia de entrega da embarcação, o almirante de esquadra André Luiz Silva Lima de Santana Mendes, chefe do Estado-Maior da Armada, declarou que o Humaitá está pronto para representar o Brasil em qualquer missão para a qual seja designado.

“A partir de então, os dados relevantes e de interesse da vida de bordo, passam a ser registrados no livro do navio. E com a cerimônia de hasteamento da bandeira do Brasil, esse importante meio naval, que consolida um feito de absorção de tecnologia e conhecimento estratégico, estará pronto para representar, em sua plenitude, a soberania nacional”, declarou o almirante.

Advertisement

Com 71,6 metros de comprimento e 6,2 metros de diâmetro, o submarino tem capacidade para levar uma tripulação de 35 militares, entre oficiais e praças.  O Humaitá terá como uma das suas missões o patrulhamento das águas jurisdicionais do Brasil, a Amazônia Azul, além das áreas do Atlântico Sul, que sejam estratégicas para o País.

A cerimônia de apresentação do Humaitá aconteceu no final desta sexta-feira, no Complexo Naval de Itaguaí (CNI), litoral Sul do Estado do Rio. A apresentação compõe a Mostra de Armamento, uma das etapas oficiais da transferência de uma embarcação naval ao Setor Operativo da Marinha.

Permanecem em andamento, em conformidade com o cronograma, as demais atividades relacionadas ao PROSU e à execução dos projetos do S-BR ‘Tonelero’ (S42), do ‘Angostura’ (S43) e do Submarino Convencionalmente Armado com Propulsão Nuclear (SCPN) ‘Álvaro Alberto’.

Informações e imagem: O DIA

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Em cerimônia no Complexo Naval de Itaguaí, Marinha entrega submarino Humaitá
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui