Em discurso para 30 mil pessoas, Lula diz que Marcelo Freixo é a melhor escolha para o Rio

'Não temos o direito de repetir o erro de 2018, quando o Rio elegeu um juiz desconhecido que ia acabar com a corrupção e foi cassado por corrupção', disse Lula

Marcelo Freixo (PSB) e Lula (PT) durante comício na Via Light, em Nova Iguaçu / Divulgação

Durante um ato de campanha na Via Light, em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense, o candidato à presidência da República, Luís Inácio Lula da Silva (PT), convocou a militância presente, aproximadamente 30 mil pessoas, a votar em Marcelo Freixo (PSB), que concorre ao Governo do Estado do Rio de Janeiro. O comício aconteceu na noite desta quinta-feira (9).

Em discurso, Lula relembrou o impeachment do ex-governador Wilson Witzel (PMB), que foi eleito como um candidato que acabaria com a corrupção, mas foi cassado por causa dela. O petista reforçou que Marcelo Freixo tem um perfil diferenciado de Witzel e, por isso, seria uma melhor escolha para o Estado do Rio.

“Faltam 23 dias e não temos o direito de repetir o erro de 2018, quando o Rio elegeu um juiz desconhecido que ia acabar com a corrupção e foi cassado por corrupção. Vim, em Nova Iguaçu, para dizer a vocês que temos uma pessoa que é o que tem de melhor no Rio de Janeiro para se preocupar com o trabalhador, com o transporte, com a saúde e educação que é Marcelo Freixo. Temos 23 dias para eleger esse companheiro”, afirmou Lula diante do público.

Em reposta à fala de Lula, Freixo atacou o atual governador por supostos atos de corrupção. Ele destacou ainda a necessidade de definir a eleição presidencial ainda no primeiro turno, de forma a dar mais fôlego à sua candidatura durante o segundo turno contra Cláudio Castro.

“Aqui no Rio a gente gosta de ganhar de virada que nem o Flamengo fez ontem no Maracanã. É mais gostoso. A gente vai derrotar essa máfia do Claudio Castro nas ruas, com gente consciente. Eles tiraram 50 milhões de reais da educação. E no segundo turno é outra eleição, que começa 0 a 0. Por isso é importante eleger Lula logo no primeiro turno para resolver de vez e ele estar aqui fazendo campanha para colocar o Rio de pé novamente”, disse Marcelo Freixo.

Sobre a sua relação com a Baixada Fluminense, local do evento, o candidato socialista recorreu à sua infância passada em São Gonçalo, na Região Metropolitana e, na periferia de Niterói, onde residiu até os 40 anos. Ele ressaltou a necessidade de retomar obras, como o Arco Metropolitano, para que a região volte a se desenvolver e gerar empregos.  

“O povo aqui quer emprego, quer trabalho. O Arco Metropolitano foi inaugurado em 2014 e hoje não tem um poste funcionando. A gente precisa recuperar o arco para trazer emprego para cá e recuperar a Supervia para quem trabalha na capital e precisa de dignidade para trabalhar. Chega dessa propaganda do Claudio Castro, que é uma vergonha porque é paga com dinheiro desviado, dinheiro de corrupção, dinheiro que era para estar na creche, nas escolas, nos hospitais. E a gente está aqui para mudar isso”, declarou o candidato do PSB.

Também presente no comício, o presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) e candidato ao Senado Federal, André Ceciliano (PT), comemorou a parceria entre Lula e Freixo para o futuro do Rio de Janeiro que, segundo ele, terá mais investimentos caso os dois saiam vitoriosos.

 “O futuro governador Marcelo Freixo é quem vai enfrentar essa violência que a gente vive no Rio de Janeiro. Hoje é desemprego, fome, famílias inteiras morando embaixo de marquises. Na época do Lula as pessoas trabalhavam durante a semana e no fim de semana comiam seu churrasquinho. É isso que a gente vai retomar com Lula e Freixo”, disse Ceciliano.

Marcelo Freixo é candidato pela coligação “A VIDA VAI MELHORAR” formada por: PSB, PT, PCdoB, PSOL, PV, Rede, PSDB e Cidadania.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui