Em Madureira, Marcelo Freixo diz contar com futuro apoio de Lula para recuperar indústria naval do Rio

"O Lula já me garantiu que vai retomar a indústria naval, que é essencial para o nosso estado," disse Marcelo Freixo

Marcelo Freixo e apoiadores durante caminhada em Madureira/ Divulgação

O tradicional bairro de Madureira, na Zona Norte da cidade, recebeu a visita do candidato ao Governo do Estado, Marcelo Freixo (PSB), nesta terça-feira (13), para o cumprimento da sua agenda de campanha. Freixo, que estava acompanhado da candidata a deputada federal Benedita da Silva (PT), caminhou pela feira do bairro e conversou com comerciantes e consumidores locais, que lhes apresentaram as principais demandas da região. Marcelo Freixo prometeu incentivar a economia do Estado do Rio de Janeiro, dando apoio ao micro, pequeno e médio empresariado.

Durante a visita a Madureira, Marcelo Freixo disse contar com o apoio do candidato do PT à presidência da República, Luís Inácio Lula da Silva, para a retomada do desenvolvimento da indústria naval no Estado, que está abandonada. Freixo disse ainda que é de suma importância fazer com que o Arco Metropolitano volte a funcionar com segurança para gerar desenvolvimento para as regiões por onde passa.

“O pequeno e o médio empresário são os que mais geram emprego no Rio de Janeiro, e a gente precisa de mais vagas abertas em todo o estado depois desse caos que vivemos nesses últimos anos com os governos Castro e Witzel. O Lula já me garantiu que vai retomar a indústria naval, que é essencial para o nosso estado e nós aqui vamos fazer o arco metropolitano funcionar com segurança, melhorando a infraestrutura para as empresas e facilitando a abertura de vagas de emprego na Baixada. Além disso, a gente vai dar suporte a todos os empresários do nosso estado com a Casa do Empreendedor, que é o lugar onde aquele cidadão que gera emprego no Rio vai ter auxílio administrativo, auxílio jurídico e acesso a empréstimos. Isso tudo garante que o empresário toque o seu negócio com segurança e gere cada vez mais empregos. A gente precisa recuperar a economia do Rio gerando emprego e prosperidade”, comentou Marcelo Freixo.

O candidato do PSB também falou sobre os grandes desafios impostos pela pandemia de Covid-19, especialmente os seus desdobramentos socioeconômicos. Segundo Freixo, é preciso que o Estado retome o crescimento, para gerar emprego e permitir que a estruturas de Saúde e Educação funcionam de maneira minimamente adequadas, sem serem alboroadas por práticas de corrupção.

“Nesses dois anos de pandemia, muita gente perdeu o seu emprego e nossas crianças ficaram fora da escola. A gente precisa retomar o crescimento do estado, gerando emprego para poder investir na educação e na saúde, mas para isso é preciso que a gente tenha um governo com credibilidade para que o investidor coloque seu dinheiro aqui. A gente não pode ter cinco secretários presos e uma lista com os últimos governadores presos, um atrás do outro. A gente vai mudar isso a partir do dia 2 de outubro, “ afirmou Marcelo Freixo.

Advertisement

5 COMENTÁRIOS

  1. muito importante essa promessa do depuyado Freixo ao governo do Rio pois a industria Naval gera milhares de emprego e desnvolvimento naval apra a economia do estado e do Brasil tomara que se eleja e cumpra sua promessa..

  2. “Bozonaro finge que não sabe de nada e é tudo mentira da oposição”, frase perfeita para o atual governo.
    LULA QUER VOLTAR À CENA, e vai voltar, porque o povo não aguenta mais OS CRIMES deste desgoverno, que só faz pelos seus e os ricos!
    Esse capitão carioca nada fez pelo seu estado, sequer pelas instituições militares daqui (todas sucateadas e caindo aos pedaços), quiçá pela indústria naval, que sempre foi o nosso carro chefe na geração de empregos e que no governo Lula, corretamente, obrigou as empresas federais a encomendar navios e plataformas nacionais, assim como o fez com os aviões.

  3. “(…)O Lula já me garantiu que vai retomar a indústria naval (…)” O problema é que por detrás desta frase bonita seguem os seguintes fatos que ocorreram no passado: 1) direcionar licitações petrobras pra comprar materiais no Brasil; 2) esses materiais saem muito mais caros que se comprados no exterior; 3) com a certeza que serão comprados, o superfaturamento perde o controle; 4) a corrupção na petrobras ascende aos níveis do petrolão; 5) PT finge que não sabe de nada e é tudo mentira da oposição.

    LULLA QUER VOLTAR À CENA DO CRIME.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui