Em menos de 20 dias 3 carros de luxo são roubados no entorno do Santos Dumont

Para a polícia, uma quadrilha especializada em roubos de carros de luxo está atuando na cidade neste final de ano

Fachada do Aeroporto Santos Dumont | Foto: Rafa Pereira - Diário do Rio

Passageiros e trabalhadores que atuam dentro e fora do aeroporto Santos Dumont (SDU) estão com medo do que vem ocorrendo na região. Na última quarta-feira (21), às 5h30, aconteceu mais um roubo de carro de luxo em frente ao setor de embarque do aeroporto. Foi a terceira ocorrência, em menos de 20 dias, com as mesmas características. Para a polícia, uma quadrilha especializada está atuando na cidade neste final de ano.

No episódio de quarta-feira, um motorista que dirigia um veículo BMW foi abordado por dois homens armados ao deixar um passageiro no local. Os bandidos saíram de um carro estacionado em frente à entrada do Bossa Nova Mall. Os gritos da vítima geraram pânico no local. Ainda assim, os assaltantes conseguiram fugir com o veículo.

No dia 5/12, um crime semelhante ocorreu no mesmo local. Os criminosos roubaram um veículo Jeep Comander. Na semana anterior, os ladrões levaram um BMW de um homem que transitava na Avenida Presidente Antônio Carlos, após deixar a região do Santos Dumont.

O delegado Deoclécio Assis, da 5ª DP (Mem de Sá), está a cargo das três investigações. O agente procura imagens de câmeras que possam ter registrado as ocorrências dos crimes. A forma de atuação dos bandidos evidencia que uma mesma quadrilha tenha praticado os crimes, de acordo com Deoclécio Assis.

“Ainda é tudo muito inicial, mas ao que tudo indica se trata de uma quadrilha especializada em roubo de carros de luxo. O modus operandi é o mesmo. Um veículo já fica no local traçado e ao verem a vítima dois ou três homens fazem a abordagem e levam o veículo. Utilizam pistolas e rapidamente executam o crime. Vamos fazer uma varredura em busca de imagens na tarde de hoje para tentar a identificação”, afirmou o delegado ao jornal O Globo.

Mas não são apenas os roubos de carros que aterrorizam quem trabalha ou passa pelo Santos Dumont. Assaltos e tentativas de sequestro também são práticas comuns no entorno do aeroporto. Todos se queixam da falta de policiamento no SDU, no início da manhã, horário preferido dos criminosos.

É sempre no mesmo horário e do mesmo jeito. Os bandidos ficam ali no canto (aponta para um recuo na entrada do Bossa Nova Hall) e escolhem a vítima. Um dia é assalto, mas já tentaram levar uma pessoa, provavelmente pra fazer pix ,“ declarou José Paulo, que trabalha na região, ao jornal.

A Infraero informou, por meio de nota que “a ocorrência foi em área pública, sob responsabilidade dos órgãos de segurança do Estado”. A Polícia Militar, por sua vez, afirmou que não foi acionada para dar conta da ocorrência, mas reforçou a segurança no local.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui