Em NY, Castro exalta avanços promovidos por sua gestão e celebra escolha do Rio como sede do G20 em 2024

Governador destacou, por exemplo, que o RJ é o 2º estado que mais gera empregos no país atualmente

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Cláudio Castro durante o ''Brazil Summit'', em Nova York - Foto: Aline Mendanha

Durante o evento ”Brazil Summit”, realizado pelo renomado jornal inglês ”Financial Times” nesta quarta-feira (10/05) em Nova York, nos Estados Unidos, o governador Cláudio Castro apresentou ações e avanços promovidas por sua gestão e destacou a escolha do Rio de Janeiro como sede da cúpula do G20, em novembro de 2024, como uma importante conquista para o estado.

A conferência, como o nome já remete, contará com a presença das 20 principais potências econômicas mundiais, além de 10 nações convidadas. A indicação da capital fluminense foi a primeira pauta levada por Castro ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O pedido foi um dos itens da carta elaborada pelos sete governadores que participaram do 7º Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud), no Rio.

”Tudo isso está sendo possível graças ao empenho do governo em promover o Rio de Janeiro para outros países. Os olhares do mundo inteiro estarão voltados para o nosso estado. O Rio sempre apresentou um forte vínculo com assuntos de importância global, promovendo as pautas de desenvolvimento sustentável, político e econômico”, celebrou o governador.

Na entrevista, conduzida pelo editor do ”Financial Times” para a América Latina, Michael Stott, Castro conversou ainda sobre projetos e resultados em áreas como a economia. Hoje, o RJ registra recorde na abertura de empresas nos últimos 214 anos da Junta Comercial (Jucerja): nos três primeiros meses do ano, foram quase 23 mil novos negócios.

Advertisement

”O Rio de Janeiro se mantém há um ano na 2ª posição nacional de geração de empregos, com um saldo de mais de 186 mil postos de trabalho formais. Oferecemos para os empreendedores o melhor e mais saudável ambiente de negócios. Trabalhamos para manter a credibilidade do estado e a capacidade de investimento”, afirmou.

A segurança pública, que conta com programas e ações que chegam a R$ 1 bilhão, também foi tema do bate-papo com os jornalistas. Para combater a criminalidade, as polícias Civil e Militar do RJ contam com tecnologia de ponta. O Governo do Estado adquiriu mais de 21 mil câmeras operacionais portáteis e está instalando câmeras de vídeo e de áudio nas viaturas, aeronaves e prédios públicos. O governador destacou que os investimentos são refletidos na queda de crimes.

”Os roubos de rua diminuíram 16% no primeiro trimestre do ano, quando comparados com o mesmo período do ano passado. Foi o menor valor para o período dos últimos 18 anos. Os roubos de veículo também registraram queda de 7%. E batemos recorde na apreensão de fuzis. A maior dos últimos 16 anos. Em apenas três meses, foram retiradas das ruas 212 armas pesadas. E faremos muito mais, investindo nas polícias Civil e Militar”, concluiu Castro.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Em NY, Castro exalta avanços promovidos por sua gestão e celebra escolha do Rio como sede do G20 em 2024
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui