Em reunião, Governo do RJ e CCR Barcas discutem acordo de manutenção do serviço à população

“A permanência da concessionária por mais um ano vai dar mais estabilidade à conclusão da nova modelagem em elaboração pela UFRJ e também à futura licitação," disse o governador

(Foto: Reprodução CCR Barcas)

Durante uma reunião realizada nesta segunda-feira (5), o Governo do Estado do Rio de Janeiro e a CCR Barcas negociaram os termos para o fechamento de um acordo destinado à manutenção dos serviços de transporte aquaviário prestados pela concessionária à população fluminense. A CCR Barcas dará prosseguimento às atividades por mais um ano, após o término do contrato de concessão que ocorre em fevereiro de 2023.

O acordo negociado proporcionou um ótimo retorno aos cofres do Estado, que garantiu um desconto de 40% do cálculo inicialmente apresentado pela CCR Barcas nas negociações. O documento deve passar pela avaliação do Ministério Público, sendo posteriormente homologado junto ao Poder Judiciário.

“A permanência da concessionária por mais um ano vai dar mais estabilidade à conclusão da nova modelagem em elaboração pela UFRJ e também à futura licitação. É a concretização de meses de negociação e a reafirmação da garantia de que não havia hipótese de o serviço ser interrompido, considerando o interesse público na continuidade do funcionamento do transporte,” afirmou o governador Cláudio Castro (PL).

Segundo os termos do acordo, a operação da concessionária poderá ser prorrogada até fevereiro de 2025, mediante aviso prévio. Até dezembro, a CCR Barcas receberá parte do pagamento de uma indenização, sem recebimento de margem de lucro.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui