Em S. Conrado, Prefeitura arranca cabine que era usada como banheiro e lixeira

Flávio Valle, subprefeito da Zona Sul, afirmou que o objetivo da medida é entregar à população uma cidade cada vez mais limpa e organizada

Cabine arrancada em São Contado / Divulgação

Mais uma cabine abandonada foi removida das ruas da cidade. Desta vez, a Subprefeitura da Zona Sul e a Comlurb atuaram no bairro de São Conrado, onde um equipamento que obstruía a calçada, além de servir de depósito de lixo e banheiro para moradores de rua, foi devidamente arrancado na Rua Engenheiro Armandino de Carvalho, próximo ao Posto 13, na Praia de São Conrado.

“Esta não é a primeira vez que removemos esse tipo de cabine abandonada aqui em São Conrado. A Prefeitura do Rio está fazendo um grande esforço para organizar a cidade e a remoção destes equipamentos faz parte do trabalho. Queremos entregar para os moradores da região um bairro cada vez mais organizado e limpo”, afirmou o subprefeito da Zona Sul, Flávio Valle.

De acordo com relatos de moradores do bairro, a cabine impedia a circulação segura dos pedestres, que deviam transitar pelo asfalto para contornar o equipamento que, muitas vezes, apresentava acúmulo de lixo em seu interior e em sua parte externa, atraindo baratas e ratos.

No final de 2022, a Prefeitura arrancou outras cinco cabines das calçadas localizadas próximo ao acesso para o elevado do Joá.

As informações são da rádio Tupi.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui