Empresas ligadas ao Carnaval movimentaram R$ 8 bilhões em 2023

Entre as cidades fluminenses que contam com mais empresas ligadas à festa, o Rio de Janeiro ocupa a primeira colocação, com 38% dos negócios

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Porta-bandeira da Imperatriz Leopoldinense no Carnaval 2023 - Foto: Tata Barreto/Riotur

O Carnaval dá dinheiro e não é pouco. Somente no ano passado, o Brasil movimentou R$ 8 bilhões em atividades ligadas ao evento, segundo a Confederação Nacional do Comércio. Uma sondagem realizada pelo Sebrae Rio verificou que, somente o Rio de Janeiro conta com 223,2 mil empresas ativas ligadas à festa, o que representa um acréscimo de 6% em relação ao ano anterior. Do total citado, 98% são de pequenos negócios (MEI – 75%; ME – 19%; e EPP – 3%).

“Os números reforçam a importância econômica do Carnaval para quem empreende. Muitos aproveitam esse momento para planejar, investir na festa e aumentar o faturamento no período, além de empresas sazonais enxergarem como uma oportunidade de manter no azul as contas da empresa ao longo do ano”, comenta Carolyne Gomes, coordenadora de Economia Criativa do Sebrae Rio.

O perfil das empresas fluminenses conta com 41% dos negócios em estágio inicial, com 3 meses a 3 anos e meio de atividades. Outras 38% empresas são consideradas estabelecidas, com mais de 3 anos e meio de existência. Para que se diferenciem e conquistem protagonismo no mercado, os negócios precisam prestar um bom entendimento ao público, serem criativos e autênticos, orienta o Sebrae RJ

As cidades com mais empresas ligadas ao Carnaval são: Rio de Janeiro (38%), Duque de Caxias (5%), São Gonçalo (5%), Nova Iguaçu (4%), Petrópolis (4%), Niterói (3%), Nova Friburgo (3%), Campos dos Goytacazes (3%), Maricá (2%) e São João de Meriti (2%).

Advertisement

Leia também

Proposta do BNDES para o Centro do Rio inclui calçadões e parque no Canal do Mangue

Há quarenta anos fazendo fantasias com materiais recicláveis, ex-empregada doméstica se destaca em concursos e tem fotos espalhadas pelo mundo

Segundo o Sebrae RJ, para que as empresas tenham sucesso, especialmente as pequenas, devem seguir as seguintes dicas: desenvolver um espaço físico e virtual criativo; oferecer experiências exclusivas aos clientes; firmar parcerias e colaborações inovadoras; desenvolver estratégias para a venda de histórias e não apenas produtos; e, por fim, investir em responsabilidade social e sustentabilidade ambiental.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Empresas ligadas ao Carnaval movimentaram R$ 8 bilhões em 2023

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui